Regional uberaba


PRESIDENTE E DIRETORIA DA ABO



Baixar 10.63 Mb.
Pdf preview
Página102/309
Encontro13.02.2022
Tamanho10.63 Mb.
#21606
1   ...   98   99   100   101   102   103   104   105   ...   309
170

PRESIDENTE E DIRETORIA DA ABO

Em 12/12/1981, houve eleições na ABO e Dr. Irineu Batista Filho transferiu 

o cargo de Presidente para o Dr. Noraldino Alves de Melo, eleito juntamente com a 

diretoria, que tomou posse em 15/01/1982:



Presidente:  

Dr. Noraldino Alves de Melo



Vice-Presidente:  

Dr. Osmar Baroni



Secretário Geral:  

Dr. Alaor Carlos de Oliveira Júnior



1° Secretário:  

Dr. João da Silva Silvestre



2° Secretário:  

Dr. Luciano Correia de Paiva



3° Secretário:  

Dr. Marco Aurélio Figueiredo



Tesoureiro:  

Dr. Sandoval Mateus da Silva



2° Tesoureiro:  

Dr. Nelson José Bagnato



Bibliotecária:  

Drª Viviane Miranda Bartonelli



Orador:  

Dr. Álfen Silva



Diretor de Patrimônio:  Dr. Luiz Mouzinho Teixeira 

Conselho Fiscal:  

Dr. Edmundo Rodrigues da Cunha Filho

 Dr. 

Paulo 


Tonasso

 

Dr. Adelino Pacheco Rosa



Suplentes: 

Dr. Israel José da Silva

 

Dr. Luiz Roberto Sabino de Freitas



 

Dr. José Maurício Lamego Goulart



PRINCIPAIS REALIZAÇÕES

Dr. Noraldino escolheu Dr. Moysés Soares Rosa e Dr. Irineu Batista Filho 

para comporem os Departamentos Social e Científi co, respectivamente.

Na ABO havia problemas fi nanceiros, o número de 

Associados reduzido e a despesa muito alta. A renda provinha 

do pagamento dos sócios, o que ocorria a cada três meses e das 

realizações das Semanas Científi cas.

Depois que foi criado o 1° Congresso Internacional 

de Odontologia do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, na 

gestão do Dr. Irineu, a situação fi nanceira da ABO melhorou.

Quando assumi a Presidência, o Dr. Irineu havia 

deixado um saldo de caixa mais positivo.



171

A ABO se concretizou através de muito sacrifício, 

enfrentado principalmente pelo Presidente Dr. Israel José 

da Silva que precisou lutar para pagar as dívidas da ABO, 

contraídas para a construção da sede, na gestão do Presidente 

José Thomaz da Silva Sobrinho. Este foi um pioneiro, que 

ousou e viabilizou o ideal dos profi ssionais da Odontologia em 

construir uma sede própria.

46

Dr. Noraldino visando melhorar o prédio da ABO e oferecer um melhor 

atendimento e conforto ao público, fez reformas no teto e na secretaria.

Realizou diversos Cursos, Palestras e Semanas Científi cas, das quais 

destacaram:

- II Congresso Internacional de Odontologia do Triângulo Mineiro e Alto 

Paranaíba - realizado em Araxá, em 1983, com apoio e participação da 

ABO-Uberaba.



-  X Semana Científi ca - em convênio com a FIUBE.

-  Curso de Periodontia - ministrado pelo professor Nelson Thomaz Lascala, 

em 1982.


- Curso de Ortodontia - ministrado em 1982, pelo professor Francisco 

Aljamar Maia, do Rio Grande do Norte.

Nesta época os cursos oferecidos eram poucos e não havia uma clínica 

para ministrar a prática do tema proposto. Além disso, havia poucos sócios na ABO. 

Consequentemente os cursos não eram rentáveis para a entidade. Devido a tudo isso, 

Dr. Noraldino recorreu a um empréstimo no Banco Sudameris, para pagar os encargos 

sociais de funcionários e despesas gerais da ABO.

Preocupado com a questão científi ca da ABO, indicou o Dr. Marco Aurélio 

de Figueiredo para coordenar o projeto de instalação da Escola de Aperfeiçoamento 

Profi ssional, que foi concretizada em 1988.

Apesar das difi culdades, o Dr. Noraldino presidiu a ABO com seriedade, 

ética e viabilizou condições para um relacionamento amistoso entre os associados.

Um profi ssional que sempre fez questão de fi car anônimo, 

o Prof. Noraldino, também foi um grande benfeitor da ABO.

Em momentos de muita dificuldade financeira e de 

encontrar uma solução, o Noraldino era aquele companheiro para 

o qual a gente chegava e falava: “Ô Nora!, nós estamos precisando 

46

  Depoimento: Dr. Noraldino Alves de Melo, ano 2000




172

fazer um churrasco para pagar isso até dia tal!” E ele respondia: 

“Tudo bem! Então eu vou dar a carne e a cerveja, pode fazer!” ... 

Esta é uma característica de Noraldino, que sempre se mostrou 

prestativo, de uma maneira anônima e muito particular. Foi um 

grande companheiro que jamais disse um não. Não negava nenhum 

pedido que fosse para o bem da ABO. Foi um grande colaborador.

47

Os recursos fi nanceiros da ABO - Uberaba eram escassos e evitava-se gastos. 

Por isso que na gestão do Dr. Noraldino não teve registros fotográfi cos dos eventos. 

Em 1983, Dr. Noraldino convocou as eleições da ABO, vencendo o pleito 

Dr. Marco Aurélio de Figueiredo, que passou a ocupar a Presidência da Associação 

em 1984 e 1985.

47

  Depoimento: Alaor Carlos Oliveira Júnior, ano 2000



1   ...   98   99   100   101   102   103   104   105   ...   309




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal