RecomendaçÕes imuno hematologia



Baixar 210.93 Kb.
Pdf preview
Página10/36
Encontro17.03.2020
Tamanho210.93 Kb.
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   ...   36
Amostra

3. 

Deve  ser  rotulada  junto  do  doente,  após  confirmação  da 



identificação positiva, efectuada pela pessoa que procede à 

colheita.

A  identificação  deve  ser  concordante  com  a  que  consta  no 

pedido/requisição de transfusão.

Deve ter indicação clara da data da colheita.

Deve  ser  colhida  em  tubo  com  EDTA,  de  preferência  sem 

apresentar hemólise.

Tanto  a  amostra  do  doente  como  a(s)  tubuladura(s)  do(s) 

saco(s) de sangue administrados deverão ser conservadas entre 



19

18

2º  e  6º  C,  durante  7  dias,  para  estudo  de  eventuais  reacções 



transfusionais. 

Conformidade

4. 

A  conformidade  dos  dados  de  identificação  entre  o  pedido/

requisição e a amostra deve ser verificada e registada por um 

elemento do Serviço de Medicina Transfusional com formação 

específica.

Deve existir um procedimento escrito sobre as medidas a tomar 

em  caso  de  não  conformidade  da  amostra  e/ou  do  pedido/

requisição, que deve incluir a rejeição da amostra e a repetição 

da colheita em caso de discrepância que invalide a identificação 

(por  exemplo,  troca  na  identificação  dos  doentes,  datas  de 

nascimento  não  concordantes,  número  único  de  identificação 

discrepante).






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   ...   36


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal