Rc – 4668 / check list introduçÃO



Baixar 22.78 Kb.
Página1/4
Encontro21.08.2021
Tamanho22.78 Kb.
  1   2   3   4

RC – 4668 / CHECK LIST

INTRODUÇÃO
O reparo endovascular do aneurisma de aorta abdominal infra-renal (EVAR) tornou-se uma técnica estabelecida para tratamento desta patologia. Embora o EVAR seja menos invasivo que a cirurgia convencional, não é isento de complicações.(1) Os endoleaks são as complicações mais frequentes, e, embora a infecção pós-operatória seja pouco comum (incidência de 2%), é uma das complicações mais graves.(2) Tradicionalmente, a terapêutica empregada nessa situação é a administração de antibioticoterapia endovenosa (EV) em associação com a remoção cirúrgica do material infectado, seguida de reconstrução arterial.(3) Atrasos no diagnóstico e inicio do tratamento estão associados à elevada mortalidade associada à abordagem tradicional (23% a 75%) (2,4).

O uso de drenagem percutânea primária guiada por imagem para o tratamento de infecções do enxerto foi relatado recentemente, mas seu uso para o tratamento de coleções peri-próteses vasculares ainda não foi bem estabelecido.(4)

O objetivo deste trabalho é descrever três casos de drenagem percutânea com sucesso de infecções peri-protéticas no pós-operatório tardio do EVAR.




Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal