R evista 35 paradigmas contemporâneos



Baixar 281.29 Kb.
Pdf preview
Página1/39
Encontro31.07.2021
Tamanho281.29 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   39


ISSN Impresso 1809-3280 | ISSN Eletrônico 2177-1758

www. esmarn.tjrn.jus.br/revistas



R

evista

35

PARADIGMAS CONTEMPORÂNEOS: 

O NAVIO NEGREIRO DO SÉCULO XXI



CONTEMPORARY PARADIGMS: 

THE SLAVE SHIP OF THE XXI CENTURY 



Denis Henrique Schmeisch 

*

  



Arthur Ramos do Nascimento 

**

RESUMO: 

O tráfico de pessoas e a escravidão da força de trabalho humana não 

representam um fenômeno recente no contexto da história mundial. O tráfico de vidas 

humanas insere-se em uma lógica de dominação e de barganha, em que a vida de um 

indivíduo é trocada por sua liberdade, ou na redução de uma pessoa à condição de 

uma coisa passível de ser apropriada por outrem. Não se limitando apenas ao tráfico, a 

“coisificação” do outro, que também ocorre no trabalho análogo ao do escravo, produz 

mazelas, fazendo com que os cantos funerais tornem as faces desses desgraçados tétricas 

figuras frente à vilania do mundo. Como método de desenvolvimento do discurso, foi 

utilizado  O  navio negreiro, de Castro Alves, como base para criticar a perpetuação da 

prática de escravização do homem. Observe-se que naquele tempo o poeta denunciava 

prática tão hedionda e torpe e vê-se hoje, em pleno século XXI, a banalização da vida. 

Da mesma forma que, naquele século, o poeta conclamava os intelectuais e a população 

para abraçar a abolição da escravatura, a sociedade encontra-se, hoje, em tal situação que 

exige e urge uma (re)nova(da) consciência abolicionista. Colocando a discussão em nível 

nacional, sobre a história e a construção do sistema jurídico brasileiro, é oportuno observar 

a necessidade de criação de um novo movimento abolicionista. Nesse sentido, cumpre 

indagar, como fez o poeta: “Por que foges assim [...]? Por que foges [...]?” (ALVES, 2015). 



Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   39


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal