Química volume 1


Considerando o Nox de todos os átomos do sulfato de sódio, que você calculou no item d



Baixar 4.33 Mb.
Página277/314
Encontro08.10.2019
Tamanho4.33 Mb.
1   ...   273   274   275   276   277   278   279   280   ...   314
3. Considerando o Nox de todos os átomos do sulfato de sódio, que você calculou no item d da questão anterior, qual é a soma dos Nox?
<213>
Algumas generalizações sobre o cálculo do Nox

Nem sempre é indispensável analisar a fórmula estrutural de um composto para determinar o Nox médio dos átomos que o formam. Basta empregar alguns conhecimentos que você pode deduzir do que estudou até aqui:

▸ Em uma substância simples, metálica ou não metálica, o Nox dos átomos é sempre zero.
Nox 0 0 0 0 0

C2 O2 O3 Fe Zn

hidrogênio oxigênio ozônio ferro zinco
Nos compostos moleculares, o H se liga a átomos de elementos mais eletronegativos, e, nesse caso, seu Nox é +1:

Nox +1–1 Nox +1–2

HCℓ H2O

ácido clorídrico água



Porém, quando o H se liga a metais, formando hidretos metálicos, seu Nox será –1. Isso porque essas substâncias são iônicas – cátion do metal e ânion hidreto – e, portanto, o Nox do hidrogênio é igual à carga do íon:

Nox +2–1 Nox +1–1



CaH2 KH

hidreto de cálcio hidreto de potássio


▸ Com exceção do flúor, o oxigênio é o elemento mais eletronegativo. Isso explica o fato de que, em compostos que contenham esse elemento, os átomos de oxigênio completam seu octeto com dois elétrons, seja recebendo elétrons em uma ligação iônica, seja compartilhando elétrons com átomos de elemento(s) mais eletropositivo(s). Desse modo, seu Nox é quase sempre –2:
▸ Nos peróxidos, compostos em que ocorre a ligação O — O (que serão estudados no próximo capítulo), o Nox do O é –1. Isso porque uma das ligações do O é com outro O, o que não altera o Nox total do oxigênio, já que se trata de ligação com um elemento com idêntica eletronegatividade:

Nox +1 –2 +1 Nox +1 –2

Cℓ  O  Cℓ Na2O

óxido de cloro óxido de sódio

▸ A soma algébrica dos Nox de todos os átomos de uma substância é sempre zero:

Nox +1 –2

H2O

água


Soma: (+1)  2 + (–2) = 0

Nox +4 –2

CO2

dióxido de carbono

Soma: +4 + 2  (–2) = 0
▸ Há elementos que podem apresentar diferentes Nox, conforme as ligações que estabelecem. Para saber qual é o Nox que um átomo assume em determinada substância, deve-se levar em conta que a soma dos Nox de todos os átomos que a compõem é zero. Assim, conhecendo-se o Nox dos demais componentes da substância, determina-se o Nox desse átomo. Veja:

Nox +1 x –2

HNO3

ácido nítrico

Soma: +1 + x + 3  (–2) = 0

+1 +5 –2

x = +5  HNO3
Nox +1 +x –2

NO2SO4

sulfato de sódio

Soma: 2 (+1) + x + 4 (–2) = 0

+1 +6 –2

x = +6  NO2SO4


▸ Nos íons simples, isto é, cátions ou ânions constituídos por um só elemento, o Nox do elemento coincide com a carga do íon.

Nox +2 –2 Nox +1

CaS Na2SO4

sulfeto de cálcio sulfato de sódio


Exemplos de Nox em alguns íons simples (íons monoatômicos)

Metais alcalinos (grupo 1), Íons formados: Li+, Na+, K+, Rb+, Cs+, Nox +1



Metais alcalinoterrosos (grupo 2), Íons formados: Be2+,Mg2+,Ca2+,Sr2+, Ba2+, Ra2+, Nox +2

Halogênios (grupo 17) nos haletos, Íons formados: F, Cℓ, Br, I, Nox –1

Enxofre (grupo 16) nos sulfetos, Íons formados: S2, Nox –2
<214>
▸ Nos íons compostos, isto é, cátions ou ânions formados por mais de um elemento, a carga do íon coincide com a soma dos Nox dos elementos que o constituem. Assim:

Nox x –2 Soma: x + 4  (–2) = –2 (carga do )



+6 –2

íon sulfato x = + 6 


Lembre-se: a carga –2, indicada no grupo sulfato, pertence ao conjunto iônico sulfato (um átomo de enxofre e quatro de oxigênio), e não, como podem pensar alguns, apenas ao O.

▸ Em compostos orgânicos, nos quais há vários átomos de carbono interligados, é frequente chegarmos a valores de Nox médios fracionários, uma vez que o C pode apresentar diferentes valores de número de oxidação. Para determinar esse valor médio, basta levar em conta a fórmula molecular do composto e o fato de a soma dos Nox de todos os elementos em qualquer substância ser zero. Assim:

–2

  O


Nox x +1 –2 +1 –3 –2 +1 +2 –2 +1 –3 +1

C5H10O H3C — CH2 — C — CH2 — CH3

pentan-3-ona pentan-3-ona
(dietilcetona) (dietilcetona)

Soma: 5  (x) + 10  (+1) + (–2) = 0

x = –8/5

Nox médio do C: (–3) + (–2) + (+2) + (–2) + (–3)/5 = –8/5


(dietilcetona)


Catálogo: editoras -> liepem18 -> OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> QUIMICA%201%20AO%203º%20ANO%20-%20POSITIVO -> DOCx -> VOLUME%201
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Ronaldo vainfas
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Oficina de história: volume 1
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Gilberto Cotrim Bacharel e licenciado em História pela Universidade de São Paulo Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Mackenzie Professor de História e advogado Mirna Fernandes
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Geografia Espaço e identidade Levon Boligian, Andressa Alves 3 Componente curricular Geografia
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do professor
OBRAS%20PNLD%202018%20EM%20EPUB -> Manual do Professor História Global
VOLUME%201 -> Química volume 1
VOLUME%201 -> Vivá Química Volume 1 Ensino Médio Sumário


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   273   274   275   276   277   278   279   280   ...   314


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal