Questão reserva 21


Questão 5 Quanto aos fatos gramaticais, marque a(s) proposição(ões) CORRETA(S)



Baixar 1.04 Mb.
Página6/17
Encontro17.03.2020
Tamanho1.04 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   17
Questão 5

Quanto aos fatos gramaticais, marque a(s) proposição(ões) CORRETA(S) relativamente aos textos 3 e 4.



01.

A forma verbal “vemos” (texto 3, linha 3), no presente do indicativo, provoca um efeito de proximidade entre o escritor e o leitor. É como se, no ato da leitura, leitor e escritor estivessem juntos a observar os eventos da história.

02.

O uso do pretérito imperfeito do subjuntivo em “como se já esperasse por aquilo” (texto 3, linhas 7-8) confere ao evento um grau de certeza maior do que se conseguiria com o uso do pretérito imperfeito do indicativo – “como já esperava por aquilo”.

04.

Em “estavam os dois amantes tão extremosos e familiares, que pareciam sê-lo de muitos anos” (texto 3, linhas 12-13), a forma “sê-lo” é uma combinação do verbo ser com o pronome oblíquo átono “o”, o qual se refere a “amantes”.

08.

No texto 4, na descrição de Inocência (linhas 10-15) o autor utiliza alguns verbos no pretérito imperfeito (era, irradiava, parecia), os quais poderiam ser conjugados no pretérito perfeito (foi, irradiou, pareceu) sem que isso implicasse mudança de sentido.

16.

A forma verbal “mandara” (texto 4, linha 1) corresponde à terceira pessoa do singular do pretérito mais‑que‑perfeito do indicativo do verbo mandar e equivale a tinha mandado.




01

02

03



04

05

06



07

08

09







Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   17


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal