Prova de redaçÃo e de linguagens, CÓdigos e suas tecnologias prova de matemática e suas tecnologias leia atentamente as instruçÕes seguintes


Questão 124 Choque a 36 000 km/h



Baixar 1.8 Mb.
Pdf preview
Página23/45
Encontro02.08.2022
Tamanho1.8 Mb.
#24434
1   ...   19   20   21   22   23   24   25   26   ...   45
enem-2010-gabarito-2o-dia-rosa
Questão 124
Choque a 36 000 km/h
$IDL[DTXHYDLGHTXLO{PHWURVGHDOWLWXGHHPYROWDGD
terra assemelha-se a uma avenida congestionada onde 
orbitam 3 000 satélites ativos. Eles disputam espaço com 
17 000 fragmentos de artefatos lançados pela Terra e que 
se desmancharam – foguetes, satélites desativados e até 
ferramentas perdidas por astronautas. Com um tráfego 
celeste tão intenso, era questão de tempo para que 
acontecesse um acidente de grandes proporções, como o 
da semana passada. Na terça-feira, dois satélites em órbita 
GHVGHRVDQRVFROLGLUDPHPXPSRQWRTXLO{PHWURV
acima da Sibéria. A trombada dos satélites chama a atenção 
para os riscos que oferece a montanha de lixo espacial 
em órbita. Como os objetos viajam a grande velocidade, 
mesmo um pequeno fragmento de 10 centímetros poderia 
causar estragos consideráveis no telescópio Hubble ou na 
estação espacial Internacional — nesse caso pondo em 
risco a vida dos astronautas que lá trabalham.
Revista Veja. 18 set. 2009 (adaptado).
Levando-se em consideração os elementos 
constitutivos de um texto jornalístico, infere-se que o 
autor teve como objetivo
H[DOWDURHPSUHJRGDOLQJXDJHP¿JXUDGD
criar suspense e despertar temor no leitor.
LQÀXHQFLDUDRSLQLmRGRVOHLWRUHVVREUHRWHPDFRP
as marcas argumentativas de seu posicionamento.
LQGX]LU R OHLWRU D SHQVDU TXH RV VDWpOLWHV DUWL¿FLDLV
representam um grande perigo para toda a 
humanidade.
exercitar a ironia ao empregar “avenida 
congestionada”; “tráfego celeste tão intenso”; 
“montanha de lixo”.


2010
LC - 2º dia | Caderno 8 - ROSA - Página 16
Texto para as questões 125 e 126
A carreira do crime
Estudo feito por pesquisadores da Fundação Oswaldo 
&UX] VREUH DGROHVFHQWHV UHFUXWDGRV SHOR WUi¿FR GH
drogas nas favelas cariocas expõe as bases sociais 
dessas quadrilhas, contribuindo para explicar as 
GL¿FXOGDGHV TXH R (VWDGR HQIUHQWD QR FRPEDWH DR
crime organizado.
2 WUi¿FR RIHUHFH DRV MRYHQV GH HVFRODULGDGH SUHFiULD
(nenhum dos entrevistados havia completado o ensino 
fundamental) um plano de carreira bem estruturado, com 
salários que variam de R$ 400,00 a R$ 12.000 mensais. 
Para uma base de comparação, convém notar que, 
segundo dados do IBGE de 2001, 59% da população 
brasileira com mais de dez anos que declara ter uma 
atividade remunerada ganha no máximo o ‘piso salarial’ 
RIHUHFLGR SHOR FULPH 'RV WUD¿FDQWHV RXYLGRV SHOD
pesquisa, 25% recebiam mais de R$ 2.000 mensais; já 
na população brasileira essa taxa não ultrapassa 6%.
Tais rendimentos mostram que as políticas sociais 
compensatórias, como o Bolsa-Escola (que paga R$ 15 
mensais por aluno matriculado), são por si só incapazes 
GHLPSHGLUTXHRQDUFRWUi¿FRFRQWLQXHDOLFLDQGRFULDQoDV
provenientes de estratos de baixa renda: tais políticas 
aliviam um pouco o orçamento familiar e incentivam os 
SDLV D PDQWHUHP RV ¿OKRV HVWXGDQGR R TXH GH PRGR
algum impossibilita a opção pela deliquência. No mesmo 
sentido, os programas voltados aos jovens vulneráveis 
DRFULPHRUJDQL]DGR FLUFRHVFRODVR¿FLQDVGHFXOWXUD
escolinhas de futebol) são importantes, mas não 
resolvem o problema.
A única maneira de reduzir a atração exercida pelo 
WUi¿FR p D UHSUHVVmR TXH DXPHQWD RV ULVFRV SDUD RV
que escolhem esse caminho. Os rendimentos pagos 
aos adolescentes provam isso: eles são elevados 
precisamente porque a possibilidade de ser preso não 
é desprezível. É preciso que o Executivo federal e 
os estaduais desmontem as organizações paralelas 
erguidas pelas quadrilhas, para que a certeza de punição 
elimine o fascínio dos salários do crime.
Editorial. Folha de São Paulo. 15 jan. 2003. 

Baixar 1.8 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   19   20   21   22   23   24   25   26   ...   45




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal