Protocolos de Suporte Avançado de Vida



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página60/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   56   57   58   59   60   61   62   63   ...   657
Protocolo Samu 192

Emergências Clínicas

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

• 

Considerar os 3 “S” (Protocolos PE1, PE2, PE3).



• 

Escala pré-hospitalar de AVC de Cincinnati (Protocolo BP X). A presença de anormalidade em um 

dos parâmetros avaliados leva a 72% de probabilidade de ocorrência de um AVC. Na presença de 

anormalidade nos 3 parâmetros, a probabilidade é superior a 85%.

• 

A determinação do início dos sintomas e sinais pode ser referida pelo paciente (se este estiver orientado 



e coerente) ou pelo acompanhante. O horário do início dos sintomas é o último momento em que o 

paciente foi visto sem sinais e sintomas neurológicos. No caso do início dos sintomas serem observados 

ao acordar, será considerado o último momento em que o paciente foi visto sem sintomas, antes de 

dormir.


• 

Nos quadros sugestivos de AVCi em pacientes >18 anos há benefícios com o uso de trombolítico 

intra-hospitalar em até 4 a 5h do início dos sintomas. A defi nição do encaminhamento para unidade 

referenciada deve ser realizada em conjunto com a regulação a partir da avaliação de outros critérios de 

exclusão factíveis para análise na fase pré-hospitalar:

• 

sangramento maior ou cirurgia de grande porte nas últimas  2 a 3 semanas; e



• 

história prévia de AVCh. 

• 

Mesmo na suspeita de ataque isquêmico transitório, o paciente deve ser encaminhado ao hospital o mais 



rápido possível.

• 

Mesmo para candidatos a fi brinólise, só medicar a hipertensão se PA >220x120mmHg;



• 

Não há evidências científi cas de benefícios com a utilização da hiperventilação ou hemodiluição.

• 

Esmolol e Hidralazina não devem ser utilizados no pré-hospitalar;



• 

O controle rigoroso de glicemia, PA, temperatura e saturação de O

2

 são importantes para um melhor 



prognóstico; e

• 

Na crise convulsiva só há suspeita de AVC se o paciente tiver sinal focal antes ou depois da crise, caso 



contrário o protocolo a ser seguido é o de crise convulsiva.

Observação:



2/2

AC21 - AVC – Acidente Vascular Cerebral

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Agosto/2014 



Revisão: Abril/2015

AC21


AC21 - AVC – Acidente Vascular Cerebral

SAMU_AC_avancado.indd   42

06/05/2015   00:11:24


1   ...   56   57   58   59   60   61   62   63   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal