Protocolos de Suporte Avançado de Vida


  Avaliar a segurança da cena (Protocolo PE1). 2



Baixar 12.97 Mb.
Pdf preview
Página590/657
Encontro06.05.2021
Tamanho12.97 Mb.
1   ...   586   587   588   589   590   591   592   593   ...   657
1. 

Avaliar a segurança da cena (Protocolo PE1).



2. 

Considerar apoio do Corpo de Bombeiros através da Central de Regulação, na suspeita de presença do 

gás no ambiente, para a retirada do paciente da área de risco.

3. 

Realizar avaliação primária (Protocolo AT1 ou APed 33).

• 

Em caso de PCR, verifi car se aplicável simultaneamente o protocolo de intoxicação por cianeto (Protocolo ATox 7)



4. 

Realizar avaliação secundária (Protocolo AT2 ou APed 34).

• 

Se Glasgow < 13, verifi car se aplicável simultaneamente o protocolo de intoxicação por cianeto (Protocolo xxx).



• 

Se frequência cardíaca < 40 batimentos por minuto ou pressão arterial sistólica < 90 mmHg, verifi car se 

aplicável simultaneamente o protocolo de intoxicação por cianeto (Protocolo ATox 7). 

5. 

Ofertar oxigênio (O

2

) na máxima concentração disponível, independentemente da leitura da oximetria de 



pulso, de preferência com uso de máscara não reinalante a 15 L/min.

6. 

Considerar intubação orotraqueal com 100% de O

2

 nos pacientes com sinais de queimaduras de 



vias aéreas, instabilidade hemodinâmica, alterações neurológicas ou sinais clínicos de insufi ciência 

respiratória, independentemente da leitura da oximetria de pulso. 



7. 

Tratar as crises convulsivas com diazepam, após excluir hipoglicemia, conforme protocolo de convulsão 

(Protocolo AC25 ou APed 22).

8. 

Atentar para outras lesões associadas, considerando o mecanismo de trauma.






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   586   587   588   589   590   591   592   593   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal