Protocolos de Suporte Avançado de Vida


  Avaliar a segurança da cena (protocolo PE1) e método ACENA. 2



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página580/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   576   577   578   579   580   581   582   583   ...   657
1. 

Avaliar a segurança da cena (protocolo PE1) e método ACENA.



2. 

Considerar os cenários:

ATox 

3

PACIENTE AGITADO MAS CONSCIENTE E COLABORATIVO 



• 

Manejo verbal: aproximar-se de forma tranquila, identifi car-se (nome e função), explicar o motivo da 

aproximação (Protocolo AC39);

• 

Considerar a administração de benzodiazepínico oral: diazepam 10 mg via oral;



• 

Iniciar hidratação venosa: a desidratação em casos de anfetamina deve ser corrigida de forma 

lenta; cuidado com a vontade do paciente de beber grandes volumes de água; risco de coma/

óbito por hiponatremia;

• 

Se apresentar precordialgia: seguir protocolo Dor torácica não traumática (Protocolo AC17) mas 



considere que o diazepam melhora a maioria desses quadros.

PACIENTE AGITADO, DESORIENTADO OU AGRESSIVO

• 

Realizar contenção química exclusivamente com benzodiazepínicos o mais rápido possível, 



considerando que não há condição de uso endovenoso (EV):

• 

Droga de escolha é o midazolan intramuscular (IM) ou intranasal (IN):



• 

Se IM: 5 a 15 mg, dependendo da intensidade do quadro; há risco de parada respiratória, que deve  

ser atendida com ventilações com bolsa-valva-máscara (BVM), com retorno em alguns minutos;

• 

Se IN: dose menor pela maior rapidez da absorção;



Atenção: O Diazepan só deve ser utilizado EV e não está prescrito para uso IM.

• 

Após melhora da agitação:



• 

Utilizar diazepam 10 mg EV lento não diluído, ou oral (a metabolização do midazolam ocorre 

antes do término do efeito da droga de abuso utilizada e o quadro de agitação tem grande 

possibilidade de reaparecer, o que justifi ca o uso do diazepam de rotina); o diazepam pode ser 

repetido caso o paciente não melhore da agitação, com intervalo apenas do preparo da droga. 

Dose média de 30 mg. Pode ser necessária dose maior;

• 

Verifi car glicemia e corrigir se hipoglicêmico, conforme Protocolo AC29 (sempre verifi car glicemia e 



saturação de oxigênio em todos pacientes agitados ou deprimidos);

• 

Hidratação venosa;



• 

Monitorização com eletrocardiograma (ECG) e ECG 12 derivações se disponível e se não atrasar 

chegada ao hospital.

PACIENTE INCONSCIENTE, EM CHOQUE OU PARADA CARDIORRESPIRATÓRIA (PCR) 

• 

Seguir protocolo específi co.



SAMU_Atox.indd   11

08/06/2016   08:01:04



1   ...   576   577   578   579   580   581   582   583   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal