Protocolos de Suporte Avançado de Vida



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página569/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   565   566   567   568   569   570   571   572   ...   657
Protocolo Samu 192

Protocolos de Intoxicação e PP

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Janeiro/2016



3/4

ATox 1 – Intoxicações agudas - medidas gerais

ATox 1 – Intoxicações agudas - medidas gerais

ATox 


1

9. 

Atentar para as situações especiais que podem ocorrer:

• 

Crises convulsivas



• 

Depressão do centro respiratório

• 

Taquicardia com repercussão hemodinâmica



• 

Bradicardia com alteração hemodinâmica

• 

Hipo e hipertermia



• 

Parada cardiorrespiratória. 



10. 

Realizar contato com a Regulação Médica, que deve ser informada prontamente sobre qualquer detalhe 

disponível sobre o agente causador, bem como sobre os sinais e sintomas encontrados, para subsidiar 

o contato com o Centro de Informação e Assistência Toxicológica da região ou com o serviço Disque-

Intoxicação (número: 0800.722.6001) para a tomada de decisão e para defi nição do encaminhamento 

e/ou unidade de saúde de destino (preferencialmente hospital terciário).



11. 

Especialmente em casos de transporte prolongado, se o contato com a Regulação Médica não for possível, a 

própria equipe de intervenção poderá contatar o Centro de Assistência Toxicológica da região.

Observações

• 

Considerar os 3 “S” (Protocolos PE1, PE2 e PE3).



• 

Independente do agente causador da intoxicação, as medidas gerais de estabilização são muito 

semelhantes àquelas realizadas em qualquer outra emergência clínica. 

• 

Sempre que possível, levar amostras do agente tóxico ao hospital, inclusive proveniente de resíduo gástrico 



(vômito).

• 

Carvão ativado é inefi caz para adsorção de ferro, álcool e lítio, além de ter pouca efetividade para 



organoclorados e digoxina.

• 

Causas de intoxicação nos adultos:



• 

Tentativas de suicídio por via oral constituem na principal causa;

• 

Frequente é a intoxicação por abuso de drogas ou medicamentos sem intenção de suicídio;



• 

Atenção ao uso de múltiplas medicações por idosos e em pacientes que apresentam metabolização 

diminuída, como na insufi ciência renal;

• 

Atenção também para as intoxicações relacionadas ao tipo de trabalho, como por exemplo na 



exposição a agrotóxicos e pesticidas em geral.

• 

Causas de intoxicação nas crianças:



• 

Em geral são acidentais ou não intencionais; 

• 

Em crianças até os 4 anos de idade, são mais frequentes as intoxicações por produtos químicos de 



uso doméstico (como os de higiene pessoal ou de limpeza), por medicamentos ou plantas tóxicas, ou 

ainda por pesticidas de uso doméstico;

• 

Nos adolescentes de 15 a 19 anos, as intoxicações por drogas de abuso são as mais observadas.



SAMU_Atox.indd   3

01/09/2016   02:17:13



1   ...   565   566   567   568   569   570   571   572   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal