Protocolos de Suporte Avançado de Vida



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página561/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   557   558   559   560   561   562   563   564   ...   657
Protocolo Samu 192

Protocolos de Emergências Pediátricas

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científicas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Abril/2016



APed 

50

Indicação



Paciente pediátrico com suspeita de trauma e com indicação de imobilização da coluna vertebromedular.

Procedimento

• 

Os mesmos procedimentos descritos para o adulto devem ser realizados para o paciente pediátrico, e 



deve-se acolchoar os espaços entre os tirantes e a criança para evitar movimentos laterais.

• 

Como o occipício da criança < 8 anos é desproporcionalmente grande e, quando em superfície plana, 



força a flexão passiva da coluna cervical, inclusive com maior risco de obstrução da via aérea, é 

necessário colocar um coxim (de lençol ou outro material) com 2 a 3 cm de espessura sob o tronco, da 

altura dos ombros até o quadril, para manutenção da posição neutra da cabeça e do pescoço. 

Observações

• 

Crianças maiores, diferentemente dos bebês, toleram melhor a imobilização cefálica na presença de familiar.



• 

Quanto menor a criança, maior é a discrepância de tamanho entre o crânio e a face e, portanto, maior o 

occipício, proporcionalmente.

• 

O pescoço do paciente pediátrico estará em posição correta quando o canal auditivo externo se alinhar 



com a parte anterior do ombro. Essa posição neutra alinha a coluna cervical e evita a flexão anterior

mantendo a permeabilidade da via aérea. 



1/1

APed 50 – Imobilização em prancha rígida

APed 50 – Imobilização em prancha rígida



1   ...   557   558   559   560   561   562   563   564   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal