Protocolos de Suporte Avançado de Vida


  Usar EPI: luvas, máscara, óculos de proteção. 2



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página543/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   539   540   541   542   543   544   545   546   ...   657
1. 

Usar EPI: luvas, máscara, óculos de proteção.



2. 

Se for realizar sequência rápida de intubação (SRI), preparar todo o material, equipamentos e toda a 

medicação que será utilizada, antes de iniciar o procedimento, conforme Protocolo APed 52.

3. 

Instalar acesso vascular IV/IO.

APed 

43

1/4



APed 43 – Técnicas avançadas de manejo das vias aéreas - intubação orotraqueal

APed 43 – Técnicas avançadas de manejo das vias aéreas - intubação orotraqueal

idade (em anos)

idade (em anos)

SAMU_avancado_APPed.indd   91

08/06/2016   08:02:46




Protocolo Samu 192

Protocolos de Emergências Pediátricas

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Janeiro/2016



2/4

APed 43 – Técnicas avançadas de manejo das vias aéreas - intubação orotraqueal

APed 43 – Técnicas avançadas de manejo das vias aéreas - intubação orotraqueal

APed 


43

Fonte: Suporte Avançado de Vida em Pediatria (PALS). 

Manual do Profi ssional. Edição em português, 2012, p. 64

A

D



B

E

C



Posicionamento da criança > 2 anos:

A: em superfície plana, os eixos oral (O), faríngeo (P) e 

traqueal (T) passam por três planos divergentes;

B: o coxim sob o occipício alinha os eixos faríngeo e 

traqueal;

C: a extensão da articulação atlanto-occipital (posição de 

cheirar) alinha os três eixos. 

Essa posição não deve ser 

realizada na suspeita de trauma de coluna cervical.

No bebê:


D: posição incorreta com fl exão do pescoço;

E: posição correta, com coxim sob os ombros.

Observação: o posicionamento correto coloca o canal 

auditivo externo em posição anterior ao ombro.



4. 

Pré-oxigenar o paciente com fração inspirada de oxigênio (FiO

2

) de 100% com máscara não 



reinalante bem adaptada à face ou insufl ar cuidadosamente com BVM com reservatório, se indicado, 

acompanhando o ritmo respiratório do paciente.



5. 

Instalar monitorização: cardíaca, oximetria de pulso, pressão arterial e capnografi a (se disponível).



6. 

Posicionar o paciente e colocar coxim (de 2 a 3 cm de espessura) para alinhar a via aérea: colocar o 

coxim sob os ombros nos bebês e crianças até 2 anos e sob a cabeça/occipício na criança > 2 anos. 

Cuidado ao manipular se houver suspeita de trauma na coluna cervical (não retirar ou afrouxar o colar 

cervical sem realizar manobras de proteção da coluna cervical).

7. 

Certifi car-se de que o aspirador está funcionante.



8. 

Conectar a lâmina do laringoscópio ao cabo e verifi car a intensidade da luz.

• 

Lâmina reta: preferida para bebês e crianças de 1 a 6 anos, porque promove melhor visualização da glote 



(APed 1);

• 

A partir dos 7 anos de idade, podem ser utilizadas lâminas retas ou curvas (APed 1). 






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   539   540   541   542   543   544   545   546   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal