Protocolos de Suporte Avançado de Vida



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página541/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   537   538   539   540   541   542   543   544   ...   657
Protocolo Samu 192

Protocolos de Emergências Pediátricas

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Janeiro/2016



2/2

APed 42 – Técnicas avançadas de manejo das vias aéreas - máscara laríngea

APed 42 – Técnicas avançadas de manejo das vias aéreas - máscara laríngea

APed 


42

4. 

Nas crianças maiores, pode-se utilizar protetor antimordedura adicional (confeccionar um pequeno rolo 

de gaze de diâmetro maior que o tubo da ML e colocá-lo lateralmente entre as arcadas dentárias superior 

e inferior para evitar que o paciente morda a ML).

Observações

• 

Outros dispositivos supraglóticos que disponham de tamanhos pediátricos também poderão ser utilizados



devendo-se realizar treinamento da técnica específi ca para cada um deles.

• 

A ML, assim como os demais dispositivos supraglóticos, não protege totalmente as vias aéreas da 



regurgitação, havendo possibilidade de aspiração.

• 

A extensão da cabeça e do pescoço favorece a inserção da ML, mas, no trauma, a manobra de elevação 



da mandíbula é sufi ciente para facilitar o procedimento.

• 

Nunca exceder o volume indicado para enchimento do 



cuff

.

• 



Durante o procedimento do enchimento do 

cuff


 é normal ocorrer um pequeno retrocesso da ML, devido ao 

acomodamento do coxim da ML sobre as estruturas supraglóticas. 

• 

Esse procedimento é atribuição do profi ssional enfermeiro ou médico.



• 

A realização desse procedimento deve estar condicionada ao treinamento e experiência do profi ssional.

• 

Considerar as restrições no uso da ML:



Risco de regurgitação do

 conteúdo gástrico

• 

Pacientes que não estejam em jejum



• 

Obesidade extrema ou mórbida

• 

Politraumatizados com estômago cheio



• 

Pacientes com dor e/ou tratamento com opioides

• 

Pressão intracraniana aumentada



Baixa complacência

pulmonar ou resistência

à ventilação

• 

Fibroses, obesidade mórbida, broncoespasmo, edema pulmonar, trauma 



torácico

• 

Grandes tumores cervicais.



Alterações anatômicas

• 

Impossibilidade de extensão cervical (como na instabilidade da coluna 



cervical)

• 

Patologias faríngeas e orais (hematomas e tumores)



• 

Obstrução na laringe ou abaixo dela

Outras

• 

Pouca familiaridade do profi ssional com a técnica e os cuidados no 



manuseio da ML

• 

Excesso de lubrifi cante pode causar obstrução da faringe e laringoespasmo



SAMU_avancado_APPed.indd   90

08/06/2016   08:02:46



1   ...   537   538   539   540   541   542   543   544   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal