Protocolos de Suporte Avançado de Vida



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página513/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   509   510   511   512   513   514   515   516   ...   657
Protocolo Samu 192

Protocolos de Emergências Pediátricas

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Janeiro/2016



2. 

Ventilação: avaliar a presença de boa respiração e oxigenação:

• 

Ofertar oxigênio (O



2

) suplementar por máscara, independentemente da oximetria de pulso;

• 

Avaliar o posicionamento da traqueia e presença ou não de turgência jugular;



• 

Frequência respiratória (taquipneia, bradipneia ou apneia): frequência < 10 ou > 60 ipm, em qualquer 

idade pediátrica, sugere problema potencialmente grave;

• 

Expor o tórax e avaliar a ventilação;



• 

Avaliar a simetria na expansão torácica;

• 

Observar presença de sinais de esforço respiratório ou uso de musculatura acessória;



• 

No paciente com ventilação anormal, realizar a palpação cuidadosa de todo o tórax;

• 

Avaliar a presença de lesões abertas e/ou fechadas no tórax;



• 

Realizar ausculta de todo o tórax;

• 

Avaliar constantemente a oximetria de pulso;



• 

Considerar a necessidade de ventilação assistida por meio de dispositivo bolsa-valva-máscara (BVM) com 

reservatório ou através de dispositivos de via aérea avançada; 

• 

Se for necessária ventilação assistida, ventilar com volume sufi ciente apenas para garantir a elevação 



visível do tórax, monitorizando oximetria de pulso (no trauma, manter saturação de O

2

 entre 95 e 99%); 



cuidado para não hiperventilar;

• 

Avaliar as indicações de curativo de três pontas e toracocentese (punção com agulha).



3. 

Circulação:

• 

Controlar sangramentos externos com compressão direta da lesão e/ou torniquete (conforme indicado – 



Protocolo AP19);

• 

Avaliar frequência e ritmo cardíaco;



• 

Avaliar o reenchimento capilar (normal até 2 segundos);

• 

Avaliar características da pele (temperatura, umidade e coloração);



• 

Avaliar pulsos periféricos: amplitude e simetria;

• 

Observar distensão abdominal, que pode indicar a presença de sangramento intra-abdominal importante, 



além de poder ser causada por distensão gástrica (por deglutição de ar, choro ou ventilação com 

dispositivo BVM);

• 

Aferir pressão arterial (Protocolo AP23);



• 

Considerar a necessidade de acesso vascular, dependendo da distância e tempo de transporte: 

• 

No paciente instável, a obtenção de acesso venoso periférico deve ser limitada a duas tentativas em 



90 segundos e, se não obtido, realizar punção intraóssea (protocolo APed 46); 

• 

Considerar reposição volêmica, idealmente com solução cristaloide aquecida; na suspeita de choque, ver 



Protocolo APed 17;

• 

Realizar avaliações seriadas dos sinais vitais;



• 

Se houver suspeita de hemorragia interna e/ou choque hemorrágico ou hipovolemia, NÃO PERDER 

TEMPO NA CENA e remover rapidamente o paciente para hospital adequado.

4. 

4. Avaliar o estado neurológico:

• 

AVDI (alerta, verbal, dor e irresponsivo);



• 

Escala de Coma de Glasgow (APed 1); 

• 

Avaliação pupilar: tamanho, fotorreatividade e simetria.



5. 

Expor com prevenção da hipotermia:

• 

Cortar as vestes do paciente sem movimentação excessiva;



• 

Proteger o paciente da hipotermia com auxílio de cobertor ou manta aluminizada;

• 

Utilizar outras medidas para prevenir a hipotermia (p. ex.: desligar o ar condicionado da ambulância);



• 

Procurar por manchas e lesões em pele, deformidades, etc.;

• 

Buscar evidências de sinais de maus tratos.



2/3

APed 33 – Avaliação primária do paciente pediátrico com suspeita de trauma ou em situação ignorada

APed 33 – Avaliação primária do paciente pediátrico com suspeita de trau-

ma ou em situação ignorada

APed 

33

SAMU_avancado_APPed.indd   74



08/06/2016   08:02:43

1   ...   509   510   511   512   513   514   515   516   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal