Protocolos de Suporte Avançado de Vida



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página510/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   506   507   508   509   510   511   512   513   ...   657
Protocolo Samu 192

Protocolos de Emergências Pediátricas

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Janeiro/2016



1/2

APed31 – Sedação

APed 

31

Quando suspeitar ou critérios de inclusão



• 

Quadro de agitação e/ou agressividade;

• 

Situações de estresse: dor intensa, necessidade de realização de procedimentos;



• 

Necessidade de acesso à via aérea defi nitiva e manutenção do suporte ventilatório.  

Conduta

1. 

Realizar a impressão inicial e avaliação primária (Protocolo APed2) com ênfase para: 

• 

Manter a permeabilidade da via área, realizando aspiração se necessário;



• 

Avaliar oximetria e oferecer oxigênio se saturação de oxigênio (SatO

2

) < 94%;


• 

Instalar acesso vascular intravenoso (IV) ou intraósseo (IO);

• 

Avaliar sinais vitais.



2. 

Realizar avaliação secundária (Protocolo APed3), com ênfase para:

• 

Realizar entrevista SAMPLE e identifi car possíveis causas;



• 

Monitorizar continuamente: oximetria de pulso, ritmo cardíaco e sinais vitais;

• 

Realizar avaliação neurológica antes e após o procedimento de sedação.



3. 

Realizar a abordagem medicamentosa:

APed31 – Sedação

BENZODIAZEPÍNICOS 

MIDAZOLAM

• 

Droga de escolha no atendimento pré-hospitalar devido ao curto tempo de ação.



• 

Dose IV/IO/intramuscular (IM): 0,2 a 0,3 mg/kg/dose (0,04 a 0,06 mL/kg/dose), máximo 

de 10 mg/dose.

• 

Dose intranasal: 0,4 a 0,5 mg/kg/dose.



• 

Apresentação: 5 mg/mL.

• 

Infundir lentamente.



• 

Contraindicado em pacientes com instabilidade hemodinâmica.

DIAZEPAM

• 

Não usar como primeira escolha, devido à sedação prolongada. 



• 

Dose IV: 0,1 a 0,3 mg/kg/dose, máximo de 10 mg/dose.

HIPNÓTICOS

ETOMIDATO

• 

Dose IV: 0,2 a 0,4 mg/kg (0,1 a 0,2 mL/kg), máximo 10 mg.



• 

Apresentação: ampola = 2 mg/mL.

• 

Boa opção no trauma, devido ao menor efeito depressor circulatório, diminui a pressão 



intracraniana (PIC) e a circulação cerebral.

• 

Droga de escolha para sedação na sequência rápida de intubação.



• 

Não utilizar na suspeita de choque séptico. 

OPIOIDES

FENTANILA

• 

Dose IV: 1 a 2 mcg/kg/dose (0,02 a 0,04 mL/kg/dose), máximo 100 mcg.



• 

Infusão lenta de 1 mcg/kg/min, pois a infusão rápida pode provocar rigidez da caixa 

torácica e laringoespasmo.

• 

Apresentação: ampola = 50 mcg/mL. 



SAMU_avancado_APPed.indd   71

08/06/2016   08:02:43



1   ...   506   507   508   509   510   511   512   513   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal