Protocolos de Suporte Avançado de Vida



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página498/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   494   495   496   497   498   499   500   501   ...   657
Protocolo Samu 192

Protocolos de Emergências Pediátricas

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Janeiro/2016



DROGA

DOSE


DOSE MÁXIMA

APRESENTAÇÃO

Paracetamol

10-15 mg/kg/dose 

Uma gota/kg/dose

35 gotas/dose

200 mg/mL

VO

De 6/6 h ou 4/4 h



Ibuprofeno

5-10 mg/kg/dose

200 mg/dose

VO, de 6/6 h

Uma a duas gotas/kg/dose

40 gotas/dose

Solução 50 mg/mL (uma gota = 5 mg)

Uma gota/kg/dose

20 gotas/dose

Solução 100 mg/mL (uma gota = 10 mg)

Dipirona

10-15 mg/kg/dose

VO: 0,5 gota/kg/dose

40 gotas/dose

20 gotas = 500 mg; uma gota = 25 mg

IM ou IV: 0,02 a 0,03 mL/kg/dose

1 g/dose

1 mL = 500 mg



2/2

APed27– Febre

APed27 – Febre

APed 


27

4. 

Realizar contato com a Regulação Médica para defi nição de encaminhamento e/ou unidade de saúde de 

destino.

5. 

Registrar achados e procedimentos na fi cha/boletim de ocorrência.

Observações

• 

Considerar os 3 “S” (Protocolos PE1, PE2 e PE3).



• 

Dipirona: 

a.  não usar em paciente com história conhecida de alergia ao medicamento;

b.  não utilizar em pacientes alcoolizados;

c.  usar com cuidado em cardiopatas, asmáticos e hipotensos;

d.  não usar em menores de 3 meses ou com peso < 5 kg;

e.  não usar via IV/IO em menores de 1 ano ou < 9 kg (nesse caso, usar via IM);

f.  a administração via IV/intraóssea (IO) deve ser lenta;

g.  via parenteral: associada a maior risco de reações anafi láticas;

h.  não utilizar em pacientes portadores de defi ciência de G6PD.

• 

Ibuprofeno:



a.  contraindicado até os 6 meses de idade.

• 

Utilização de medidas físicas para redução da temperatura corpórea:



a.  exposição corpórea;

b.  considerar a utilização de compressas mornas ou frias, nunca geladas;

c.  não utilizar compressas com álcool devido ao risco de absorção transcutânea.

• 

Não utilizar ácido acetilsalicílico (AAS) em pacientes com idade abaixo de 12 anos, devido ao risco de 



síndrome de Reye.

• 

Não utilizar paracetamol (acetaminofeno) em pacientes portadores de defi ciência de G6PD; apresenta 



hepatotoxicidade em casos de intoxicação.

SAMU_avancado_APPed.indd   64

08/06/2016   08:02:42


1   ...   494   495   496   497   498   499   500   501   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal