Protocolos de Suporte Avançado de Vida



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página413/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   409   410   411   412   413   414   415   416   ...   657
Protocolo Samu 192

Protocolos de Emergências Pediátricas

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Janeiro/2016



APed 

1

2/6

APed1 – Parâmetros pediátricos

APed1 – Parâmetros pediátricos

Frequência cardíaca (batimentos por minuto)

Valores pressóricos normais (mmHg)

IDADE

ACORDADO


MÉDIA

DURANTE O SONO

Recém-nascido (RN) 

até 3 meses

85 a 205

140


80 a 160

3 meses a 2 anos

100 a 190

130


75 a 160

2 a 10 anos

60 a 140

80

60 a 90



> 10 anos

60 a 100


75

50 a 90


IDADE

PRESSÃO ARTERIAL SISTÓLICA

PRESSÃO ARTERIAL DIASTÓLICA

Feminino

Masculino

Feminino

Masculino

Neonato (1 dia)

60 a 76

60 a 74


31 a 45

30 a 44


Neonato (4 dias)

67 a 83


68 a 84

37 a 53


35 a 53

Bebê (1 mês)

73 a 91

74 a 94


36 a 56

37 a 55


Bebê (3 meses)

78 a 100


81 a 103

44 a 64


45 a 65

Bebê (6 meses)

82 a 102

87 a 105


46 a 66

48 a 68


Bebê (1 ano)

86 a 104


85 a 103

40 a 58


37 a 56

Criança (2 anos)

88 a 105

88 a 106


45 a 63

42 a 61


Criança (7 anos)

96 a 113


97 a 115

57 a 75


57 a 76

Adolescente (15 anos)

110 a 127

113 a 131

65 a 83

64 a 83


SAMU_avancado_APPed.indd   2

24/08/2016   22:22:21




Protocolo Samu 192

Protocolos de Emergências Pediátricas

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Janeiro/2016



IDADE

PRESSÃO ARTERIAL SISTÓLICA 

(MMHG)

Neonatos a termo (0 a 28 dias)

< 60

Bebês (1 a 12 meses)

< 70

Crianças (1 a 10 anos)

<70 + (idade em anos x 2)

Crianças > 10 anos

< 90

3/6

APed1 – Parâmetros pediátricos

APed 

1

Definição de hipotensão por pressão arterial sistólica e idade 



Escala de Coma de Glasgow

APed1 – Parâmetros pediátricos



PARÂMETRO

ADULTO

CRIANÇAS

BEBÊ (<1 ANO)

PONTUAÇÃO

Abertura 

ocular

Espontânea



Espontânea

Espontânea

4

Ao estímulo verbal



Ao estímulo verbal

Ao estímulo verbal

3

Ao estímulo doloroso



Ao estímulo doloroso

Ao estímulo doloroso

2

Ausência de resposta 



Ausência de resposta 

Ausência de resposta 

1

Melhor 


resposta 

verbal


Orientada

Palavras apropriadas, 

orientada

Murmura ou balbucia

5

Confusa


Confusa

Inquieta, irritada, chorosa

4

Palavras inapropriadas



Palavras inapropriadas

Chora em resposta à dor

3

Sons incompreensíveis 



Palavras incompreensíveis 

ou sons inespecífi cos

Geme em resposta à dor

2

Ausência de resposta



Ausência de resposta

Ausência de resposta

1

Melhor 


resposta 

motora


Obedece a comandos

Obedece comando verbal 

simples

Move-se espontânea e 

intencionalmente

6

Localiza estímulos 



dolorosos

Localiza estímulos 

dolorosos

Retira o membro ao toque

5

Retira o membro ao 



estímulo doloroso

Retira o membro ao 

estímulo doloroso

Retira o membro ao 

estímulo doloroso

4

Flexão dos braços e 



extensão das pernas 

(decorticação) ao estímulo 

doloroso

Flexão dos braços e 

extensão das pernas 

(decorticação) ao estímulo 

doloroso

Flexão dos braços e 

extensão das pernas 

(decorticação) ao estímulo 

doloroso

3

Extensão dos braços 



e extensão das pernas 

(descerebração) ao 

estímulo doloroso

Extensão dos braços 

e extensão das pernas 

(descerebração) ao 

estímulo doloroso

Extensão dos braços 

e extensão das pernas 

(descerebração) ao 

estímulo doloroso

2

Ausência de resposta



Ausência de resposta

Ausência de resposta

1

SAMU_avancado_APPed.indd   3



24/08/2016   22:22:21


Protocolo Samu 192

Protocolos de Emergências Pediátricas

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Janeiro/2016



APed 

1

4/6

APed1 – Parâmetros pediátricos

APed1 – Parâmetros pediátricos

Escore de trauma pediátrico 

CARACTERÍSTICAS

PONTOS

+ 2

+ 1

- 1

Peso (kg)

> 20

10 a 20


< 10

Vias aéreas

Normal

Assistida: por máscara ou 



cânula de oxigênio (O

2

)



Via aérea avançada 

(intubação orotraqueal ou 

cricotireoidostomia)

Pressão arterial 

sistólica (mmHg)

> 90 ou pulsos periféricos 

bons, boa perfusão

50 a 90 ou pulsos centrais 

palpáveis (carotídeo e 

femural)


< 50 ou pulsos fracos ou 

ausentes


Consciência 

Acordado


Obnubilado, perda da 

consciência

Coma, irresponsivo

Pele 


Nenhuma lesão visível

Contusão, abrasão, 

laceração < 7 cm, sem 

atingir fáscia

Perda tecidual, lesão por 

armas de fogo ou branca, 

atinge a fáscia

Fratura


Nenhuma

Fratura fechada única, em 

qualquer local

Fraturas expostas ou 

múltiplas

O maior escore possível é + 12 e o menor possível é - 6 (mais grave).

ESCORE < 8: transportar para hospital terciário.

SAMU_avancado_APPed.indd   4

24/08/2016   22:22:21



Protocolo Samu 192

Protocolos de Emergências Pediátricas

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Janeiro/2016



5/6

APed1 – Parâmetros pediátricos

APed 

1

Parâmetros dos equipamentos pediátricos



APed1 – Parâmetros pediátricos

EQUIPAMENTO

RN/BEBÊ 

(3-5 KG)


< 1 ANO 

(6-9 KG)


1-2 ANOS

(10-11 KG)

CRIANÇA 

PEQUENA 


(3-4 ANOS)

(12-14 KG)

CRIANÇA

(5-6 ANOS)

(15-18 KG)

CRIANÇA


(7-8 ANOS)

(19-23 KG)

CRIANÇA

(9-10 ANOS)

(24-29 KG)

ADOLESCENTE

(> 10 ANOS) 

(30-36 KG)

DBVM (1)

Neonatal/

bebê

Infantil


Infantil

Infantil


Infantil

Infantil


Infantil

Adulto


Máscara de 

O

2



Neonatal

Pediátrica Pediátrica

Pediátrica

Pediátrica

Pediátrica

Pediátrica

Pediátrica/ 

adulto


Lâmina do 

laringoscópio

0-1 reta 

1 reta 


1 reta 

2 reta


2 reta

2 reta/


curva 

2 reta/


curva 

3 reta/curva 

Cânula 

traqueal


*

3,5 sem 


cuff

4,0 sem 


cuff

4,5 sem 


cuff

5,0 sem 


cuff

5,5 sem 


cuff

6,0 com 


cuff

6,5 com 


cuff

Comprimento 

de inserção 

do tubo 


endotraqueal 

(cm)


*

10,5-11


11-12

13,5


14-15

16,5


17-18

18,5-19,5

Sonda 

aspiração



8

8

10



10

10

10



10

10-12


Jelco

22-24


22-24

20-24


18-22

18-22


18-20

18-20


16-20

Sonda 


nasogástrica

5-8


5-8

8-10


10

10

12-14



14-18

16-18


Dreno de 

tórax


10-12

16-20


20-24

20-24


24-28

28

32-36



Fonte: Adaptado de Suporte Avançado de Vida em Pediatria (PALS). Professional Manual. Edição em português, 2012, pg 111 (adaptado da 

Fita de Ressuscitação Pediátrica de Broselow, 2007)

(1) DBVM - dispositivo bolsa-valva-máscara 

SAMU_avancado_APPed.indd   5

24/08/2016   22:22:22



Protocolo Samu 192

Protocolos de Emergências Pediátricas

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Janeiro/2016



APed 

1

6/6

APed1 – Parâmetros pediátricos

APed1 – Parâmetros pediátricos

Diâmetro do tubo endotraqueal e profundidade de inserção no período neonatal, por peso e 

idade gestacional

DIÂMETRO DO TUBO 

SEM 


CUFF

PROFUNDIDADE DA 

INSERÇÃO (CM)

PESO (G)


IDADE GESTACIONAL 

(SEMANAS)

2,5

6

< 1000



< 28

3,0


7-8

1000-2000

28-34

3,5


8-9

2000-3000

34-38

4,0


10

> 3000


> 38

SAMU_avancado_APPed.indd   6

24/08/2016   22:22:22


1   ...   409   410   411   412   413   414   415   416   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal