Protocolos de Suporte Avançado de Vida



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página404/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   400   401   402   403   404   405   406   407   ...   657
Protocolo Samu 192

Protocolos de Emergências Gineco-Obstétricas

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Abril/2016



AGO 

11

2/3

AGO11 – Síndromes hipertensivas da gestação: Pré-eclâmpsia e Pré-eclâmpsia sobreposta à hipertensão arterial crônica

AGO11 – Síndromes hipertensivas da gestação: Pré-eclâmpsia e 

Pré-eclâmpsia sobreposta à hipertensão arterial crônica

7. 

Realizar abordagem medicamentosa:

• 

Oferecer oxigênio suplementar sob máscara não reinalante se SatO



2

 < 94%


• 

Instalar acesso venoso periférico com solução salina 0,9% para manutenção do acesso;

• 

Considere a escolha do medicamento de acordo com sua indicação:



HIDRALAZINA

Indicação: tratamento agudo da 

hipertensão arterial grave na gestação 

caracterizada por PAS > 160 mmHg 

ou PAD > 110mmHg, e/ou sinais de 

gravidade.

• 

Diluir 1 ampola (1 mL = 20 mg) em 9 mL de água destilada ou 



solução salina 0,9%.

• 

Dose recomendada é de 2,5 mL da solução (5,0 mg) por via 



endovenosa (EV).

• 

Caso a pressão não seja controlada, repita a dose 



recomendada em intervalos de 20 minutos até dose máxima 

de 20 mg.

SULFATO DE MAGNÉSIO EV

Indicação: tratamento da pré-

eclâmpsia grave ou sobreposta à 

hipertensão e da eclâmpsia.

Dose de ataque: 

4g, via intravenosa diluída em água bi-destilada ou solução salina 

0,9% 100 mL com tempo de infusão rigoroso de 15 minutos. 

• 

Se ampolas com 10 mL a 50% = 5 g, dose de ataque = 8mL.



• 

Se ampolas com 10 mL a 10% = 1 g, dose de ataque = 4 

ampolas = 40 mL.

SULFATO DE MAGNÉSIO 

INTRAMUSCULAR (IM)

Indicada somente se impossibilidade 

de instalação de acesso venoso

Indicação: tratamento da pré-

eclâmpsia grave ou sobreposta à 

hipertensão e da eclâmpsia.

Dose de ataque: 

1 ampola a 50% (5 g), administrada via IM profunda, em cada 

glúteo, perfazendo dose total de 10 g.

Nos casos de transporte prolongado > 4 horas, considerar a realização de dose de 

manutenção do sulfato de magnésio:

SULFATO DE MAGNÉSIO IM

Iniciar a partir de 4 horas da dose de 

ataque 


Dose De Manutenção: 

1 ampola a 50% (5 g), administrada via IM profunda, alternando 

os glúteos, a cada 4 horas.

Na presença de sinais de intoxicação pelo sulfato de magnésio

perda do refl exo patelar, depressão respiratória, parada cardiorrespiratória (PCR) – considerar:

GLUCONATO DE CÁLCIO A 10%

Indicação: antídoto do sulfato de 

magnésio.

1 ampola + 10 mL de água bi-destilada, infusão lenta em 3 

minutos.


8. 

Cuidados gerais:

• 

Garantir oxigenação adequada;



• 

Infundir hidratação venosa cautelosa – atentar para a possibilidade de edema agudo de pulmão;

• 

Preparar para o transporte em decúbito lateral esquerdo;



SAMU_avancado_AGO.indd   32

08/06/2016   08:41:38



1   ...   400   401   402   403   404   405   406   407   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal