Protocolos de Suporte Avançado de Vida



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página374/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   370   371   372   373   374   375   376   377   ...   657
Protocolo Samu 192

Protocolos de Emergências Gineco-Obstétricas

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Janeiro/2016



1/2

AGO3 – Assistência ao parto consumado

AGO 

3

Quando suspeitar ou critérios de inclusão



• 

Expulsão completa do recém-nascido (RN) com idade gestacional ≥ 22 semanas.

Conduta 

1. 

Garantir privacidade para a paciente;



2. 

Solicitar a presença de acompanhante autorizado pela paciente, sempre que possível;



3. 

Informar e solicitar o consentimento da paciente para a realização de todos os procedimentos;



4. 

Realizar a avaliação primária da mãe (Protocolo AC1) e do RN (Protocolo APed 2) com ênfase para:

• 

Padrão respiratório;



• 

Presença de hemorragias externas;



5. 

Realizar anamnese obstétrica: 

• 

Pré-natal;



• 

Idade gestacional e/ou data provável do parto;

• 

Histórico de paridade;



• 

Presença de comorbidades;

• 

Tempo decorrido desde o nascimento;



6. 

Assistência ao parto consumado:

• 

Apoiar o RN lateralizado sobre o abdome da mãe , cobrindo-o com o campo, inclusive cabeça (exceto 



face) sem tracionar o cordão umbilical.

• 

Administrar 10 UI Ocitocina IM (ou se acesso venoso já disponível, diluir em Solução Salina a 0,9% 



100ml, EV em 10 minutos); 

• 

Aguardar cerca de 1 a 3 minutos para clampear o cordão, exceto em caso de sofrimento fetal



isoimunização ou comorbidades (como HIV positivo), quando a ligadura precoce do cordão umbilical deve 

ser realizada em até 30 segundos.

• 

Realizar o clampeamento do cordão umbilical:



• 

1º clamp: 15 a 20cm a partir do abdome do RN;

• 

2º clamp: 3 a 4cm a frente do 1º clamp;



• 

Cortar com lâmina de bisturi estéril entre os dois clamp umbilicais.

• 

Realizar a assistência ao RN (Protocolo APed 13)



• 

Realizar identifi cação com pulseira a mãe e do RN com nome da mãe, sexo do bebê, hora de nascimento 

e data; 

• 

Observar a dequitação espontânea e a presença de hemorragias vaginais (Protocolo AGO 10).



• 

Considerar o tempo de transporte na decisão do manejo da dequitação: (= no parto iminente)

• 

Nos casos de transporte para a Unidade de Saúde em tempo <30 min, acompanhar a dequitação 



espontânea ;

• 

Nos casos de transporte para a Unidade de Saúde em tempo >30min e a dequitação exceder mais 



de 30 minutos , realizar a tração controlada, de forma suave e contínua do cordão umbilical.

• 

Após a dequitação:



• 

Realizar a manobra de Jacob-Dublin (rotação manual de placenta com membranas até sua 

extração completa) e revisão das membranas amnióticas e face materna placentária; 

• 

Acondicionar e identifi car a placenta em saco plástico e transportá-la até a unidade de saúde;



AGO3 – Assistência ao parto consumado

SAMU_avancado_AGO.indd   7

08/06/2016   08:41:34


1   ...   370   371   372   373   374   375   376   377   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal