Protocolos de Suporte Avançado de Vida



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página342/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   338   339   340   341   342   343   344   345   ...   657
Protocolo Samu 192

Protocolos Especiais

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Novembro/2015



Revisão: Novembro/2015

PE23


PE23 – Limpeza terminal da ambulância

6/6

PE23 – Limpeza terminal da ambulância

• 

Preparar um balde com água e sabão ou detergente e outro somente com água; 



• 

Disponibilizar 3 panos de limpeza limpos (mobiliários, parede e piso separadamente); 

• 

Iniciar a limpeza com água e sabão, mergulhando o pano no balde com a solução e torcendo-o para 



retirar o excesso de água;

• 

Dobrar o pano umedecido em 2 ou 4 partes e iniciar a limpeza por uma das partes, desdobrando 



sempre que houver excesso de sujidade para utilizar todas as partes;

• 

Friccionar em sentido unidirecional;



• 

Lavar o pano no balde que contém apenas a água, após utilizar todas as dobras;

• 

Reiniciar o procedimento de limpeza com água e sabão s/n;



• 

Retirar o excesso de sabão com pano umedecido apenas em água (bem torcido);

• 

Trocar a água dos baldes sempre que estiver visivelmente suja;



• 

Desprezar a água suja na área de expurgo da base;

• 

Desvantagens do hipoclorito de sódio a 1%: corrosivo para metais, irritante para olhos, pele e mucosas; é 



inativado na presença de matéria orgânica.

• 

Desvantagens do álcool: infl amável, volátil, opacifi ca acrílico e resseca plástico e borracha; é inativado na 



presença de matéria orgânica.

• 

Ao retirar os materiais de consumo e descartáveis dos armários e gavetas, checar validade e condições 



das embalagens.

• 

Todo resíduo gerado dentro da ambulância deverá seguir as normas e rotinas estabelecidas para o 



gerenciamento de resíduos de saúde:

• 

Resíduos infectantes (possível presença de agentes biológicos): acondicionar em saco de lixo branco 



leitoso e descartar em unidade de saúde que conte com armazenamento e coleta especializada para 

destinação fi nal;

• 

Resíduos perfurocortantes: descartar imediatamente após o uso, em recipientes de parede rígida 



com tampa e identifi cados. Ao alcançar cerca de 2/3 de sua capacidade, esses recipientes devem 

ser descartados em unidade de saúde que conte com armazenamento e coleta especializada. É 

expressamente proibido o esvaziamento desses recipientes para reutilização. 

• 

Resíduos comuns (por exemplo, papéis e impressos em geral, copos descartáveis, etc.): podem ser 



descartados em sacos de lixo do tipo comum, conforme legislação do município.

• 

As ações de reorganização do ambiente incluem a lavagem e secagem dos baldes e panos.



• 

Frascos de aspiração e outros dispositivos de oxigenoterapia, extensões e dispositivo bolsa-valva-máscara 

devem ser descartados ou reprocessados, conforme rotina do serviço.

SAMU_avancado_PE.indd   24

08/06/2016   08:06:35


1   ...   338   339   340   341   342   343   344   345   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal