Protocolos de Suporte Avançado de Vida


  Realizar contato com a Regulação Médica para defi nição do encaminhamento e/ou unidade de  saúde de destino. 8



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página33/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   29   30   31   32   33   34   35   36   ...   657
7. 

Realizar contato com a Regulação Médica para defi nição do encaminhamento e/ou unidade de 

saúde de destino.

8. 

Registrar achados e procedimentos na fi cha/boletim de ocorrência.



1/2

AC7 – PCR RCP adulto: assistolia (Guidelines AHA 2015)

AC7

AC7 – PCR RCP adulto: assistolia 



(Guidelines AHA 2015)

SAMU_avancado_AC.indd   5

01/09/2016   02:39:30



Protocolo Samu 192

Emergências Clínicas

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Agosto/2014



Revisão: Janeiro/2016

2/2

AC7 – PCR RCP adulto: assistolia (Guidelines AHA 2015)

AC7 – PCR RCP adulto: assistolia

 (Guidelines AHA 2015)

AC7

Observações



• 

Considerar os 3 “S” (Protocolos PE1, PE2, PE3).

• 

Ênfase na compressão torácica de boa qualidade e na desfi brilação precoce. 



• 

•  Compressões torácicas de boa qualidade compreendem:

• 

Mãos entrelaçadas;



• 

Deprimir o tórax em no mínimo 5 cm e no máximo 6 cm e permitir o completo retorno entre as compressões;

• 

Manter frequência de compressões de 100 a 120/min;



• 

Alternar os profi ssionais que aplicam as compressões a cada 2 minutos; e

• 

Minimizar as interrupções das compressões.



• 

Insufl ações de boa qualidade compreendem:

• 

Insufl ação de 1 segundo cada



• 

Visível elevação do tórax.

• 

Utilizar o monitor/desfi brilador assim que disponível, mantendo as manobras de reanimação até a efetiva 



instalação e disponibilidade do equipamento.

• 

Não interromper manobras de RCP para administrar drogas no manejo específi co (Protocolos AC6, 



AC7, AC8).

• 

Manter os ciclos de RCP ininterruptamente até chegar apoio, chegar ao hospital, ou a vítima apresentar 



sinais de circulação (respiração, tosse e/ou movimento). Considerar os critérios de inclusão no Protocolo 

de interrupção da RCP (AC11).

• 

Causas associadas potencialmente reversíveis de PCR:



• 

5H: hipovolemia, hidrogênio (acidose), hipóxia, hipo ou hipercalemia, hipotermia; e

• 

5T: trombose coronariana (infarto agudo do miocárdio), trombose pulmonar, tamponamento 



pericárdico, tensão no tórax, tóxicos.

• 

Rever “Algoritmo Geral RCP Adulto” (Protocolo AC14).



SAMU_avancado_AC.indd   6

01/09/2016   02:39:30



1   ...   29   30   31   32   33   34   35   36   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal