Protocolos de Suporte Avançado de Vida



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página298/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   294   295   296   297   298   299   300   301   ...   657
Protocolo Samu 192

Protocolos Especiais

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Agosto/2014 



Revisão: Outubro/2014

2/2

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Agosto/2014 



Revisão: Outubro/2014

PE1


2. 

Após avaliar os três passos, defi nir:

• 

“CENA SEGURA”: iniciar os procedimentos de aproximação e abordagem do paciente (Protocolos PE7, 



PE2, PE3).

• 

“CENA INSEGURA”: 



• 

posicionar-se em local seguro e próximo (considerar ações de segurança já realizadas ou sinalizadas 

por outros serviços já presentes na cena);

• 

comunicar-se imediatamente com a Central de Regulação para informar detalhes e defi nir solicitação 



de apoio; 

• 

se necessário considerar as ações básicas de segurança e controle da cena;



• 

aguardar orientação e apoio no local seguro.



3.   

Considerar as ações de segurança e controle da CENA INSEGURA utilizando regras básicas de

posicionamento diante de riscos, tais como:

• 

rede elétrica afetada, posicionar-se próximo aos postes que ainda estiverem intactos;



• 

presença (ou suspeita) de materiais tóxicos inaláveis ou fumaça, levar em consideração a direção do vento 

e/ou da fumaça antes de se posicionar. Posicionar-se sempre a favor do vento;

• 

fogo e fumaça na cena, além da direção do vento, posicionar-se pelo menos a 50m de distância do local;



• 

escoamento de combustível, posicionar-se na direção contrária ao sentido do escoamento;

• 

risco de inundação, posicionar-se em local alto e distante;



• 

risco de colapso de estruturas (edifi cações ou vias) considerar a possibilidade de extensão e propagação 

dos danos e posicionar-se em local seguro;

• 

cenários hostis com possibilidade de violência contra a equipe (presença de armas, indivíduos hostis, 



animais, etc.) manter-se afastado em local seguro até a chegada de apoio. Se houve evolução para um 

cenário hostil com a equipe já na cena, considerar a saída estratégica diante de ameaça percebida ou 

potencial, com imediata comunicação à Central de Regulação;

• 

se a cena já conta com presença de outras equipes ou serviços (bombeiros, policiamento etc.) considerar 



a sinalização e as ações de segurança já realizadas e apresentar-se ao comando da cena para 

disponibilização de recursos e orientações de segurança.



4.

   Reavaliar a cena com frequência pois os fatores podem se alterar com rapidez.

PE1 – Aspectos gerais de avaliação da segurança de cena

PE1 – Aspectos gerais de avaliação da segurança de cena 

Observações:

• 

Objetivo: identifi car rapidamente os diferentes fatores de risco que estão relacionados com a ocorrência 



com vistas a tomada de decisão para seu controle e inicio da abordagem.

• 

A primeira prioridade da equipe deve ser sua segurança. O desejo de ajudar não deve se sobrepor à 



própria segurança da equipe.

• 

Em cenários hostis, é útil o uso de sinais ou palavras previamente combinadas para situações que exijam 



saída estratégica.

SAMU_PE_Avancado.indd   2

30/04/2015   12:54:11


1   ...   294   295   296   297   298   299   300   301   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal