Protocolos de Suporte Avançado de Vida


  Após retirar a vítima do veículo, executar  a fi xação defi nitiva na prancha longa; 12



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página268/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   264   265   266   267   268   269   270   271   ...   657
11. 

Após retirar a vítima do veículo, executar 

a fi xação defi nitiva na prancha longa;

12. 

Registrar o procedimento realizado na 

fi cha/boletim de atendimento.

Observações

• 

Durante todo o procedimento, utilizar estratégias de comunicação em alça fechada.



• 

O comando para as ações de mobilização deve partir do profi ssional 1, que efetua a estabilização 

manual da cabeça. 

• 

O paciente deve ser transportado na maca e com cintos de segurança afi velados. 



• 

Para paciente com lesões que não coloquem a vida em risco iminente, a técnica a ser utilizada é a de 

colete imobilizador (

Kendrick Extrication Device

, KED). 

• 

Esta técnica permite variações diversas a depender do tipo de veículo, suas características e as 



circunstâncias do evento. No entanto, suas premissas básicas devem ser sempre consideradas, 

principalmente as que envolvem a estabilização da coluna cervical, os giros com pequenas movimentações 

e a redução nas trocas de posição entre os profi ssionais.

• 

Recomenda-se o aquecimento do paciente com manta térmica. A manta térmica pode ser colocada sob os 



cintos de segurança, essencialmente nos casos de transporte aeromédico. 

9. 

O profi ssional 2 deverá deslizar a vítima sobre a prancha longa até atingir a melhor posição para a 

retirada da prancha;

As imagens são alusivas às diferentes fases do 

procedimento. Idealmente a retirada rápida deve ser 

realizada com 3 profi ssionais (Protocolo AP33).

SAMU_avancado_AP.indd   50

08/06/2016   08:07:56



1   ...   264   265   266   267   268   269   270   271   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal