Protocolos de Suporte Avançado de Vida


  Soltar o garrote;  12



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página231/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   227   228   229   230   231   232   233   234   ...   657
11. 

Soltar o garrote; 



12. 

Introduzir o cateter enquanto retira gradualmente a agulha-guia/mandril;

SAMU_avancado_AP.indd   29

08/06/2016   08:07:50




Protocolo Samu 192

Protocolos de Procedimentos

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Janeiro/2016



AP20

AP20 – Técnica de acesso venoso periférico



2/2

AP20 – Técnica de acesso venoso periférico



13. 

Após a retirada total da agulha-guia, conectar o equipo previamente preparado. Atenção para os 

dispositivos com recolhimento automático da agulha;

14. 

Fixar de forma que não interfi ra na visualização e avaliação do local;



15. 

Desprezar agulha-guia no coletor de resíduos perfurocortantes;



16. 

Recomenda-se identifi car o acesso, assim que possível, com hora e data, tipo e calibre do dispositivo e 

nome do profi ssional;

17. 

Registrar data e horário do procedimento na fi cha/boletim de atendimento, bem como o calibre do 

dispositivo utilizado.

Observações

• 

Considerar os 3S (PE1, PE2, PE3).



• 

Cateteres intravenosos com dispositivo de segurança automático têm como benefícios, dentre outros, a 

redução do risco de acidentes com perfurocortantes.

• 

Nas situações de urgência, os critérios de escolha para o acesso devem ser calibre do vaso e 



acessibilidade.

• 

Sempre que possível, dar preferência aos dispositivos fl exíveis de maior calibre.



• 

As tentativas devem ser iniciadas nos vasos distais dos membros superiores e progredir para os vasos 

proximais. As veias da região antecubital são boas opções nas situações mais críticas; porém, sua 

proximidade com as articulações promove alto risco para perda do acesso se houver muita movimentação.

• 

O uso de cateter simples com agulhas (escalpe) é indicado para infusão de volumes baixos (por curto 



período e/ou sem necessidade de infusão contínua) e para medicações de administração única. Seu uso 

está relacionado a maior ocorrência de transfi xação e infi ltração.

• 

Evitar puncionar em locais com lesões de pele.



• 

Em caso de transfi xação e formação de hematoma, retirar o cateter e promover compressão direta.

• 

Atentar para a ocorrência de sangramento e infi ltrações.



• 

Presença de trombose reconhecida no trajeto do vaso limita o procedimento nesse local.

SAMU_avancado_AP.indd   30

08/06/2016   08:07:50



1   ...   227   228   229   230   231   232   233   234   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal