Protocolos de Suporte Avançado de Vida



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página214/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   210   211   212   213   214   215   216   217   ...   657
Alarme de pressão 

inspiratória

Pressão inspiratória: 

pressão alcançada após a 

inspiração de todo o VC

Em 40 cmH

2

O.

Outros alarmes



Alarme de desconexãoFR 

altaTempo de apneia

Garantir mínimo.

SAMU_avancado_AP.indd   18

08/06/2016   08:07:49




Protocolo Samu 192

Protocolos de Procedimentos

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Janeiro/2016



AP12

AP12 – Operação básica de ventilador mecânico para transporte



3/3

AP12 – Operação básica de ventilador mecânico para transporte



15. 

Avaliar a adaptação e corrigir ajustes, se necessário;



16. 

Realizar ausculta e avaliação da expansibilidade pulmonar;



17. 

Após instalação do ventilador mecânico, monitorar:

• 

oximetria e capnografi a; 



• 

sinais vitais;

• 

ocorrência de possíveis repercussões hemodinâmicas da ventilação mecânica;



18. 

Manter a cabeceira da cama elevada entre 30° a 45° se não representar riscos ou confl itos com os 

demais procedimentos;

19. 

Se necessário, readequar os parâmetros do ventilador mecânico às necessidades do paciente;



20. 

Registrar, na fi cha/boletim de atendimento, a data e horário da instalação do ventilador mecânico, bem 

como os valores de programação dos parâmetros e sua repercussão sobre o quadro clínico do paciente.

Observações

• 

Considerar os 3S (PE1, PE2, PE3).



• 

Repercussões hemodinâmicas da ventilação mecânica: hipovolemia/ocorrência de auto-PEEP e/ou 

pneumotórax em casos de hipotensão associada ao uso da ventilação com pressão positiva.

• 

Atentar para o volume de oxigênio disponível durante o transporte. Em caso de transporte demorado



calcular uma reserva de oxigênio que permita pelo menos a ventilação durante três vezes o tempo previsto 

para o transporte.

• 

Cuidado com a tração do circuito do ventilador mecânico durante procedimentos, mobilização e/ou 



transporte do paciente sobre a maca, visando evitar extubações acidentais. Deve-se fi xar o circuito 

com folga para que, caso ocorra deslocamento do paciente na maca, o dispositivo ventilatório não 

sofra tração.

• 

Considerar a necessidade de mudança de decúbito no transporte demorado e os cuidados necessários 



com o circuito.

• 

Sedação e analgesia são fundamentais para auxiliar no controle da ansiedade, agitação e dor, além de 



promover tolerância do paciente ao ventilador. Considerar Protocolo AC 37 e AC 38.

• 

Sugere-se garantir a disponibilidade de equipamento e recursos de aspiração traqueal.



• 

Os circuitos dos ventiladores mecânicos requerem desinfecção. Considerar os recursos do serviço e as 

orientações gerais dos protocolos PE23 e PE24.

SAMU_avancado_AP.indd   19

08/06/2016   08:07:49



SAMU_avancado_AP.indd   20

08/06/2016   08:07:49



1   ...   210   211   212   213   214   215   216   217   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal