Protocolos de Suporte Avançado de Vida



Baixar 4.3 Mb.
Pdf preview
Página179/657
Encontro06.05.2021
Tamanho4.3 Mb.
1   ...   175   176   177   178   179   180   181   182   ...   657
Protocolo Samu 192

Protocolos de Procedimentos

SUPORTE AVANÇADO DE VIDA

• 

Para determinar a profundidade de inserção da sonda nasotraqueal, mensurar o cateter do lóbulo da 



orelha até a comissura labial do paciente.

• 

Em casos de aspiração nasotraqueal, manter  monitorização cardíaca e de saturação.



• 

Analisar durante todo o procedimento o risco de comprometimento da função cardiopulmonar, náusea e 

vômito.

• 

Realizar o procedimento quantas vezes for necessário. 



• 

Interromper e oxigenar imediatamente, caso haja queda brusca da saturação.

• 

Observar possível resposta vagal como: espasmo laríngeo, apneia e bradicardia.



• 

Considerar a posição semi-fowler ou fowler para a aspiração, (contraindicada nos casos de trauma).

Observações:

2/2

AP2 - Técnicas básicas de manejo de vias aéreas: aspiração

Este protocolo foi pautado nas mais recentes evidências científi cas disponíveis. 

Adaptações  são  permitidas  de  acordo  com  as  particularidades  dos  serviços.                 

 

Elaboração: Agosto/2014 



Revisão: Abril/2015

AP2


AP2 - Técnicas básicas de manejo de vias aéreas: aspiração

Aspiração do tubo traqueal

• 

Pré-oxigenar o paciente com 100% de O



2

.

• 



Calçar luva estéril.

• 

Desacoplar o ventilador mecânico ou BVM com reservatório do tubo traqueal.



• 

Inserir a sonda fl exível estéril no tubo traqueal com o látex pinçado e, quando posicionada, liberar o fl uxo 

para aspiração, retirando-a lentamente em movimentos circulares.

• 

Manter aspiração por 15 segundos no máximo.



• 

Ventilar o paciente com BVM, com reservatório acoplado à fonte de oxigênio.






Compartilhe com seus amigos:
1   ...   175   176   177   178   179   180   181   182   ...   657


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal