Protegida pelo Bilionário


Capítulo 30 Beatriz Rodrigues



Baixar 1.31 Mb.
Pdf preview
Página86/124
Encontro29.07.2021
Tamanho1.31 Mb.
1   ...   82   83   84   85   86   87   88   89   ...   124
Capítulo 30
Beatriz Rodrigues

Os  homens  que  me  aproximei  e  tentei  apresentar  Hillary  na  verdade
apresentaram interesse por mim.
Fiz  a  sonsa,  dei  dez  passos  para  trás  e  segui  minha  vida  fingindo  que
nada tinha acontecido.
— Não esquenta, amiga, uma hora a gente encontra um ricão para você
— tentei consolá-la.
— Eu acho que nunca deveria ter saído do La Chica — Hillary cruzou os
braços.
— E você tinha escolha?
É...
— Vem, vamos encontrar o Héctor. Vou convencê-lo a apresentar algum
solteirão para você.
— Você quer encontra-lo só para isso, não é? — Hillary provocou.
— Óbvio que quero ficar perto dele. Todos esses homens e olhares estão
me  deixando  desconcertada.  Era  mais  fácil  quando  eu  usava  máscara,  mas
agora...
— Tá, vamos atrás dele...
Héctor Mitchell
Saímos da sala de reunião, percorremos o corredor e descemos as escadas
até chegar a biblioteca.
Ethan foi o último a entrar e fechou a porta atrás de si.
Encontramos  no  lugar  um  homem  vestido  socialmente,  diferente  de  nós
que estávamos todos com roupas brancas mais casuais.
—  Certo,  temos  alguns  minutos  antes  do  nosso  convidado  chegar  —
Adrian conferiu no relógio da parede.
— Estou ansioso pelas novidades — precisei confessar.
—  É  claro  que  está,  senhor  Mitchell  —  o  informante  de  Ethan  deu  um
passo a frente e me cumprimentou. — Senhores, queiram se sentar.
Sem  demora  nos  sentamos,  eu  particularmente  me  distraí  olhando  pela


grande janela alguns grupos espalhados pelo terreno, busquei Bia entre eles, mas
não a encontrei.
—  A  primeira  suposição  que  tivemos,  é  claro,  era  que  Geoffrey  estava
metido nisso — o homem começou a explicar.
— Creio que esse assunto já tenha ficado resolvido.
—  Ficou,  senhor  Mitchell.  Então  todos  ficaram  mais  preocupados,
sugerindo que fosse retaliação de espiões russos ou chineses.
— Todos nós gostávamos dessa possibilidade, embora fosse perigosa —
Adrian salientou. — Então estávamos seguindo as pistas erradas?
O homem sorriu.
— Demoramos para conseguir imagens dos arredores do apartamento no
momento  do  crime.  Mas  não  foram  elas  que  revelaram  coisas  curiosas,  já  que
não  haviam  câmeras  dentro  do  apartamento...  e  não  conseguimos  hackear  os
eletrônicos  que  tinham  câmera  e  fone,  pelo  visto  foram  todos  destruídos  —  o
informante explicou.
Pousei o queixo no dorso da mão e cruzei as pernas, enfim minha atenção
havia sido captada.
—  O  caso  era  bastante  simples  de  se  resolver,  na  verdade.  O  mais
importante veio com as imagens posteriores ao crime, o que explica o sumiço do
corpo da stripper — o homem tirou um aparelho eletrônico do bolso e caminhou
em minha direção.
—  Não  podemos  usar  aparelhos  eletrônicos  em  reuniões  da  Ordem  —
Derick ralhou.
— Larga de ser o chato almofadinhas, Grant — Ethan cruzou os braços.
O informante de Ethan ligou o vídeo.
A  gravação  estava  em  alta  velocidade.  Foi  possível  ver  Bia  saindo  da
casa e encontrar-se com Hillary nas sombras. Depois, no canto da tela, as horas
foram passando rapidamente até que a filmagem retornou a velocidade natural.
— Todos nós sabemos que uma hora ou outra quem comete o crime volta
à  cena,  só  para  garantir  que  fez  tudo  corretamente  —  o  homem  andou  em
círculos.
Eu estava ansioso para descobrir como aquilo ia acabar.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   82   83   84   85   86   87   88   89   ...   124


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal