Protegida pelo Bilionário



Baixar 1.31 Mb.
Pdf preview
Página70/124
Encontro29.07.2021
Tamanho1.31 Mb.
1   ...   66   67   68   69   70   71   72   73   ...   124
Beatriz Rodrigues
Comecei a ficar mais tensa que ele.
Li rapidamente as linhas da declaração, atenta às porcentagens, gráficos e
informações  médicas.  Fiquei  surpresa  que  conseguiram  fazer  aquilo  em  tempo
hábil, mas o que o dinheiro não conseguiria?
—  Bom...  ele  precisa  tomar  algumas  vitaminas  e  acompanhamento
psicológico, sim — procurei quaisquer outras informações importantes, mas não
encontrei. — Aqui diz que Anthony parece um garoto bastante saudável.
Héctor, que estava de olhos fechados, os abriu bem devagar.
— Ei, relaxa — segurei em sua mão — Ele é forte e saudável... deve ter
problemas de falta de vitaminas, como algumas crianças, nada grave.
Héctor concordou devagar.
Antes que ele pudesse falar algo, o garotinho de olhos azuis bem grandes
e bochechas rosadas ficou entre nós dois com a taça de sorvete em mãos.
— Como está o soverte, filho? — Héctor tentou puxar assunto.
—  Gelado  —  Anthony  levou  a  mão  direita  até  a  bochecha.  —  Alex  é
meio frouxo — ele olhou de mim para o pai.
— É? O que te faz pensar isso? — Héctor perguntou, interessado.
— Ele anda de uma forma vacilante e quando se debruça no balcão fica
todo  jogado  para  frente,  molenga  —  ele  fez  uma  careta  e  mexeu  a  colher  no
sorvete. — Ele é muito inseguro.
— Quer ir para casa, Anthony? — perguntei.
— Eu gostei daqui — ele espiou pela grande vitrine que mostrava a rua
lá fora. — É multicolorido. Parece uma árvore de natal. E as pessoas se vestem
como se tivessem perdido o bom senso — ele analisou. — Gostei.
— Então não quer voltar para a mansão? — Héctor perguntou.
—  Lá  não  é  tão  colorido  —  ele  deu  uma  nova  colherada  no  sorvete  e
depois colocou a mão na bochecha. — Meu cérebro parece um iglu.
—  Ok,  então  você  vai  conhecer  onde  o  papai  mora  por  aqui  —  Héctor
falou.
— Se a Bia puder ir — Héctor olhou para mim. — Ela é minha amiga, eu
gosto dela. Me sinto seguro.
— É claro que a Bia estará lá — Héctor anuiu devagar.


—  Só  espero  que  a  casa  não  esteja  desarrumada  e  não  tenha  muitos
germes — Anthony saiu na frente com o nariz empinado e os ombros para fora,
como se fosse o próprio pai.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   66   67   68   69   70   71   72   73   ...   124


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal