Projeto Político Pedagógico da fop – upe



Baixar 3.9 Mb.
Página82/193
Encontro17.03.2020
Tamanho3.9 Mb.
1   ...   78   79   80   81   82   83   84   85   ...   193
PROGRAMA

Item

Conteúdo

Carga Horária

Teoria

Prática

1

Política Pública, Política Social e Política de Saúde: diversos olhares sobre os mesmos temas

1h




2

Sistemas de Saúde: origens, componentes e dinâmica

1h




3

Políticas de Saúde no contexto das Políticas Públicas: Políticas e Sistemas de Saúde no Brasil

1h




4

Diferentes Modelos de Atenção à Saúde

1h




5

Promoção da Saúde: a base fundamental à Atenção Primária em Saúde

1h




6

Vigilância à Saúde: para além da vigilância epidemiológica

1h




7

Financiamento e alocação de recursos em saúde e o Complexo Econômico-Industrial da Saúde (CEIS)

2h




8

Política Nacional de Saúde Bucal e os modelos de Atenção à Saúde no Brasil

2h




9

O mix público-privado no sistema de saúde brasileiro: trabalho e emprego em Saúde Bucal.

2h




10

A organização do serviço de acordo com os níveis de atenção à saúde

1h




11

Planejamento e Gestão em Saúde Bucal

1h




12

Avaliação e Regulação em Saúde Bucal.

1h




TOTAL

15h




13

VISITA AO SERVIÇO – ROTEIRO 1

-Acolhimento e apresentação do modelo de atenção






4h

14

VISITA AO SERVIÇO - ROTEIRO 2

-Observar e registrar as macro-áreas de atenção aos grupos específicos (políticas e programas existentes)




4h

15

VISITA AO SERVIÇO - ROTEIRO 3

-Observar e registrar como esta estruturada a rede de atenção à saúde, seu desenho – e os níveis de atenção.

-Como se organiza a Atenção básica de média complexidade no SUS, sua referencia e contra referencia componente privado e publico da rede de serviços.





4h

16

VISITA AO SERVIÇO - ROTEIRO 4

-Observar e registrar Como e realizada a regulação no município.

-Observar a presença de central de regulação, auditores e procedimentos regulados pelo município.





4h

17

VISITA AO SERVIÇO – ROTEIRO 5

-Quais são os instrumentos de planejamento do município

-Plano municipal de saúde. Mapa da saúde e Relatório de gestão





4h

18

VISITA AO SERVIÇO – ROTEIRO 6

Relação Nacional de Serviços de Saúde do SUS - RENASES

Relação Nacional de Medicamentos Essenciais - RENAME.





4h

17

VISITA AO SERVIÇO – ROTEIRO 7

-Como se organiza a saúde bucal

-Quais os níveis de atenção no município

-Como se estrutura a atenção básica e media complexidade

-Referencia e contra referência





4h

18

Seminário de Avaliação




2h

SUBTOTAL

15h

30h

TOTAL

45h

METODOLOGIA DIDÁTICA

Tendo por base a pedagogia da problematização, disciplina será desenvolvida com aulas expositivas dialogadas, leituras, discussões de textos e seminários temáticos. Para o cumprimento adequado da metodologia proposta os alunos terão acesso prévio aos textos indicados. Como atividades práticas serão realizadas visitas de observação à Gestão e Gerencia de Serviços da rede Estadual e Municipal, nos seus processos de trabalho que servirão de exercícios de aprendizagem a partir dos conteúdos dos outros componentes curriculares. Os alunos serão avaliados em dois momentos: O primeiro, em grupo, a partir da exposição dos seminários temáticos apresentados em sala de aula. O segundo será através de uma avaliação cognitiva dos conteúdos teóricos abordados em sala de aula.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

ARAÚJO, M. E. de. Palavras e silêncios na educação superior em odontologia. Ciência & Saúde Coletiva, 11(1):179-182, 2006;

AERTS, D; Abegg, C; Cesa, Kátia. O papel do cirurgião-dentista no Sistema Único de Saúde. Ciência & Saúde Coletiva, 9(1):131-138, 2004;

BONETTI, L.W. Introdução. In: ___. Políticas Públicas por dentro. 3ª. Edição, Ijuí: Unijuí, 2011, pp. 7-10.

BONETTI, L.W. Estado, sociedade civil e políticas públicas. In: ___. Políticas Públicas por dentro. 3ª. Edição, Ijuí: Unijuí, 2011, pp. 11-20.

BOTAZZO, C; Manfredini, M. A. Tendências da indústria de equipamentos odontológicos no Brasil entre 1990 e 2002: notas prévias. Ciência & Saúde Coletiva, 11(1):169-177, 2006;

BRASIL. Ministério da Saúde. Coordenação de Saúde Bucal, Departamento de Atenção Básica, Secretaria de Atenção à Saúde, Ministério da Saúde. Diretrizes da Política Nacional de Saúde Bucal. Brasília: Ministério da Saúde; 2004.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Políticas de Saúde. Projeto Promoção da Saúde. As Cartas da Promoção da Saúde / Ministério da Saúde, Secretaria de Políticas de Saúde, Projeto Promoção da Saúde. – Brasília: Ministério da Saúde, 2002. Cartas da Promoção da Saúde.

FLEURY, S.; OUVERNEY, A.M. Política de Saúde: uma política social. In: GIOVANELLA, L.; SCOREL, S. (orgs). Políticas e Sistemas de Saúde no Brasil. 2ª. Edição. Rio de Janeiro: Fiocruz 2012, pp. 25-58.

GADELHA, C. A. G & Maldonado, J. M. S de V. Complexo Industrial da Saúde: Dinâmica e Inovação no âmbito da saúde. In: Políticas e Sistemas de Saúde no Brasil. Giovanella, Lígia; Escorel, Sarah; Lobato, Lenaura de Vasconcelos Costa, et al. Rio de Janeiro; Editora Fiocruz, 2008.

LOBATO, L.V.C; GIOVANELLA, L. Sistemas de Saúde: origens, componentes e dinâmica. In: GIOVANELLA, L.; SCOREL, S. (orgs). Políticas e Sistemas de Saúde no Brasil. 2ª. Edição. Rio de Janeiro: Fiocruz 2012, pp. 89-120.

PAIM, J. Modelos de Atenção à Saúde no Brasil. In: In: Políticas e Sistemas de Saúde no Brasil. Giovanella, Lígia; Escorel, Sarah; Lobato, Lenaura de Vasconcelos Costa, et al. Rio de Janeiro; Editora Fiocruz, 2008.

PEREIRA, P.A.P. Capítulo I. Sobre a controvertida identificação da política social com o Welfare State. In: ____ . Política Social : temas & questões. 3ª. Ed. São Paulo: Cortez, 2011, pp. 23-58.

RIVERA, F.J.U.; ARTMANN, E. Planejamento em saúde na América Latina e no Brasil: histórico, conceitos e enfoques metodológicos. In: ____. Planejamento e gestão em saúde: conceitos, históricas e propostas. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2012, pp. 21-70.

SANTOS, I. S; Ugá, M. A. D; Porto, S. M. O mix público-privado no sistema de saúde brasileiro: financiamento, oferta e utilização de serviços de saúde. Ciência & Saúde Coletiva, 13(5), 2008;

SILVA KRAUSS, Letícia. Avaliação tecnológica e análise custo-efetividade em saúde: a incorporação de tecnologias e a produção de diretrizes clínicas para o SUS. Ciência & Saúde Coletiva, 8(2):501-520, 2003;

TRINDADE, E. A incorporação de novas tecnologias nos serviços de saúde: o desafio da análise dos fatores em jogo. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 24(5): 951-964, mai, 2008;

UGÁ, M.A.D.; PORTO, S.M.; PIOLA, S.F. Financiamento e alocação de recursos em saúde no Brasil. In: GIOVANELLA, L.; SCOREL, S. (orgs). Políticas e Sistemas de Saúde no Brasil. 2ª. Edição. Rio de Janeiro: Fiocruz 2012, pp. 395-426.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   78   79   80   81   82   83   84   85   ...   193


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal