Projeto Político Pedagógico da fop – upe


PRÁTICA PROFISSIONAL SUPERVISIONADA V



Baixar 3.9 Mb.
Página182/193
Encontro17.03.2020
Tamanho3.9 Mb.
1   ...   178   179   180   181   182   183   184   185   ...   193
PRÁTICA PROFISSIONAL SUPERVISIONADA V

COMPONENTE CURRICULAR

Denominação: Prática Profissional Supervisionada V

Período: 8

PROPRIEDADES CURRICULARES

Código: DOA0107G Caráter: ( x ) OBRIGATÓRIO ( ) ELETIVO

Carga Horária:

Teoria:

Prática 75 Hs

Total 75 Hs




Créditos:

Teoria

Prática 5

Total 5

Pré-Requisito (s): Prática Profissional Supervisionada IV

Co-Requisito (s): Nenhum

EMENTA

Inserção dos alunos junto a rede de assistência do SUS, praticando o atendimento odontológico e acompanhando as ações comunitárias do Programa de Saúde da Família. Os estágios são tutoriados por cirurgiões dentistas das unidades de saúde da rede, conveniadas com a UPE.

ÁREA /EIXO/NÚCLEO




COMPETÊNCIA

Promover o atendimento de pacientes na rede de saúde do município de Arcoverde.

HABILIDADES

Utilizar os conhecimentos e habilidades adquiridos durante sua formação em atividades clínicas reais.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Aplicação de conhecimentos adquiridos durante sua formação para as práticas clínicas.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

Nesta fase deformação do corpo discente, há uma consulta às bibliografias descritas na formação da atenção básica e secundária.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

Bibliografias atuais pertinentes ao assunto.

REABILITAÇÃO ORAL III

COMPONENTE CURRICULAR

Denominação: Reabilitação Oral III

Período: 8

PROPRIEDADES CURRICULARES

Código: DOA0108G Caráter: ( x ) OBRIGATÓRIO ( ) ELETIVO

Carga Horária:

Teoria: 60 Hs

Prática

Total 60 Hs




Créditos:

Teoria

Prática 4

Total 4

Pré-Requisito (s): Reabilitação Oral II

Co-Requisito (s): Nenhum

EMENTA

Considerações conceituais, etiofisiológicas, diagnósticas e classificatórias de dores orofaciais e disfunções temporomandibulares de origem muscular, articular e neuropática. Aspecto histórico da implantodontia. Conceito de osseointegração e fatores associados ao seu sucesso e fracasso. Materiais, métodos e técnicas cirúrgicas para reabilitação do rebordo maxilomandibular atrófico Técnica cirúrgica e sistemas utilizados para instalação de implantes dentários. Planejamento das próteses sobre implantes isoladas, unidas, unitárias, múltiplas, parafusadas, cimentadas, protocolo e overdenture, prótese total de transição e prótese total imediata. Atendimento ao paciente com necessidade de prótese bucomaxilofacial. Reabilitação protética das malformações labiopalatais. Epítese oral e maxilofacial. Anaplerose.

ÁREA /EIXO/NÚCLEO




COMPETÊNCIA

Constituir conteúdos teóricos que versam sobre as dores orofaciais e sobre o último nível de promoção de saúde, com o objetivo de compor noções de conhecimento em reabilitação oral com a utilização de implantes e próteses sobre implantes, orientando quanto ao planejamento, instalação e manutenção das próteses implantossuportadas ou implantorretidas empregadas na reabilitação dentária e de outras áreas bucomaxilofaciais.

HABILIDADES

- Organizar os conhecimentos teóricos que fundamentem a compreensão da multicausalidade das dores orofaciais e o emprego de um planos de tratamento direcionados às particularidades dos casos clínicos apresentados. Esquematizar os materiais, instrumentais e técnicas relatadas na literatura científica e evidenciadas com os melhores resultados na fase cirúrgica da implantodontia. Definir o conceito e os fatores envolvidos na recuperação do rebordo atrófico, bem como na osseointegração dos implantes dentários. Reunir conteúdo sobre os materiais, instrumentais, componentes protéticos e etapas clínico-laboratoriais relacionadas à fase protética da implantodontia. Relatar as competências relativas ao atendimento dos indivíduos com necessidade de prótese bucomaxilofacial.



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   178   179   180   181   182   183   184   185   ...   193


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal