Programa de Gestão Integrada de Águas e da Paisagem


OP 4.12 – REASSENTAMENTO INVOLUNTÁRIO DE FAMÍLIAS



Baixar 3.75 Mb.
Página126/158
Encontro08.10.2019
Tamanho3.75 Mb.
1   ...   122   123   124   125   126   127   128   129   ...   158
OP 4.12 – REASSENTAMENTO INVOLUNTÁRIO DE FAMÍLIAS

A implantação das obras do Programa identificadas até o momento não requer a remoção de famílias ou negócios. Contudo, como ainda deverão ser estudadas as intervenções de esgotamento sanitário e de drenagem na RMGV (Plano Diretor Metropolitano de Drenagem).

Considerando, no entanto, a aquisição de terrenos para implantação de parte das unidades dos sistemas de esgotamento sanitário e a eventual necessidade de reassentamento involuntário foi elaborado um Marco Conceitual de Reassentamento Involuntário que consta do Capítulo 8 – PGA e de anexo ao presente Relatório. Dessa forma, os critérios e normatização da OP.4.12 estarão garantidos no momento das eventuais desafetações de área ou remoção de famílias e negócios.

OP 4.36 FLORESTAS

Da mesma forma que na salvaguarda 4.04, o objetivo dos subcomponentes de Reflorestar e da Unidade Demonstrativa do Mangaraí é o a preservação em si mesma; visa-se o incremento da cobertura florestal de um bioma de grande importância, o da Mata Atlântica. Embora o estado do Espírito Santo esteja integralmente no “domínio” desse bioma, as áreas de mata preservada diminuíram sensivelmente ao longo do tempo. É, portanto, uma das metas do Programa a recomposição expressiva desses maciços florestais, atendendo ao pressuposto da salvaguarda, de integrar as florestas de forma eficaz para o desenvolvimento econômico sustentável.





    1. Compartilhe com seus amigos:
1   ...   122   123   124   125   126   127   128   129   ...   158


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal