Programa de Gestão Integrada de Águas e da Paisagem


A.9 Assistência Técnica e Apoio ao Fortalecimento, Monitoramento e Avaliação do Programa



Baixar 5.32 Mb.
Página10/158
Encontro08.10.2019
Tamanho5.32 Mb.
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   ...   158
A.9 Assistência Técnica e Apoio ao Fortalecimento, Monitoramento e Avaliação do Programa, através das seguintes linhas de ação: (i) Sistema de Acompanhamento e Monitoramento de Resultados do Programa; (ii) Fortalecimento da Participação da Comunidade.

B - GESTÃO DE RISCOS E PREVENÇÃO DE DESASTRES

Nesse componente serão estruturadas ferramentas a partir da elaboração da Política Estadual de Gestão de Riscos e Desastres (B.1), voltada para a gestão de riscos, especialmente através de identificação e monitoramento (B.2) e a construção de sistemas de alerta e preparação a desastres (B.3). Com isso o Programa espera instaurar um sistema de planejamento e monitoramento adequado para a redução dos riscos e atendimento as ocorrências de desastres, seja em áreas de riscos de inundações e escorregamento, com ocupação desordenada, seja somente pela ocorrência de fenômenos naturais a controlar.

C - GESTÃO DE MANANCIAIS E RECUPERAÇÃO DA COBERTURA FLORESTAL

A busca pela redução da contaminação dos rios e consequente aumento da qualidade da água de mananciais é o objetivo maior deste componente. A estratégia é de integrar e recuperar florestas associadas à redução da erosão e produção de sedimentos que aumenta a contaminação dos rios e da redução da qualidade da água de mananciais. Associa-se a esse objetivo a oportunidade de trabalhar diretamente com os produtores rurais oferecendo práticas sustentáveis e recuperação de áreas de preservação permanente.

Com vistas ao plano de metas do Governo do Estado do Espírito Santo, este componente congrega um conjunto de atividades de incremento florestal oriundas de programas anteriores, como o “Florestas para a Vida” e o “Reflorestar”, além de propostas de organização e manutenção de infraestrutura viária rural, apoiada em boas praticas de conservação das estradas rurais, associadas à drenagem para diminuir o carreamento de sedimentos e a normatização dessa conservação.

Neste item são 2 subcomponentes: C.1 Reflorestamento, C.2 Unidade Demonstrativa do Mangaraí e Conservação e Recuperação de Estradas Rurais.

C.1 Reflorestar – Este subcomponente tem como ator principal o pequeno e médio produtor rural, buscando estimular práticas ambientalmente corretas através de ações de conservação e recuperação de cobertura florestal, além de promover o uso adequado do solo.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   6   7   8   9   10   11   12   13   ...   158


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal