Programa de Gestão Integrada de Águas e da Paisagem



Baixar 5.32 Mb.
Página68/158
Encontro17.03.2020
Tamanho5.32 Mb.
1   ...   64   65   66   67   68   69   70   71   ...   158
Unidades

Quantidade

Rede

7 km

Estações Elevatórias

0,7 Km

Emissários

2 EEBs

Vazão ETE

5 l/s

6.1.1.3 – Avaliação Ambiental Específica

Localização da ETE

A localização da ETE está a mais de 500 m da área urbana, o que reduz significativamente a possibilidade de impactos negativos como odores, ruídos e etc. (Vide Mapa Localização da ETE Dores do Rio Preto – Anexo II)



Impactos sobre o corpo receptor

Considerando não se dispor de dados de monitoramento da qualidade da água dos rios da região do Caparaó, a avaliação do impacto atual e com a implantação do sistema de esgotamento sanitário foi realizada, para os municípios da região do Caparaó buscando: (i) com base na população estimar a carga orgânica – DBO lançada no corpo receptor, atualmente e no horizonte de projeto; (ii) estimativa da carga a ser lançada com a implantação dos sistema; (iii) estimativa da vazão de Q7,10, com base no estudo “Regionalização Hidrológica na região hidrográfica Capixaba”; (iv) estimativa, considerando a vazão média de esgotos, do acréscimo de DBO no corpo receptor na situação atual e com o sistema implantado.

Para a cidade de Dores do Rio Preto, considerando a população atual de 2.150 hab. e o per-capita de DBO de 54 g/hab.d utilizado pela CESAN e assumindo que os esgotos são lançados diretamente no rio, a carga atualmente lançada é de 116 Kg/d de DBO. Caso não seja implantado o sistema de esgotamento sanitário até o horizonte de projeto, a carga vai atingir 146 Kg/d de DBO.

Com o sistema implantado, estima-se que a carga lançada no corpo receptor deverá ser atualmente de 12 kg/d e no horizonte de projeto de 15 kg/d.

Considerando o rendimento específico de 3,0 l/s.km2 (definido no estudo “Regionalização Hidrológica na região hidrográfica Capixaba) para a vazão Q7,10 e a área de drenagem de 433 km2 do rio Preto, corpo receptor dos esgotos da cidade de Dores do Campo, teremos a vazão de Q7,10 = 1,3 m3/s no ponto próximo a cidade. A vazão média de esgotos é de 5 l/s, o que leva acréscimo de concentração de DBO no ponto de lançamento seria de 1,3 mg/l sem tratamento dos esgotos ou apenas 0,1 mg/l com tratamento de todo o esgoto da cidade.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   64   65   66   67   68   69   70   71   ...   158


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal