Professora: marineide alice equipe: BÁrbara silva, carla nunes e laís souza conselho de classe



Baixar 16.53 Kb.
Encontro27.09.2021
Tamanho16.53 Kb.
#19090
1prática- conselho de classe

CENTRO DE ENSINO SUPERIOR DO VALE DO SÃO FRANCISCO – CESVASF

CURSO: PEDAGOGIA

DISCIPLINA: PRÁTICA PEDAGÓGICA IV

PROFESSORA: MARINEIDE ALICE

EQUIPE:BÁRBARA SILVA, CARLA NUNES E LAÍS SOUZA

Conselho de classe

O Conselho de Classe é órgão colegiado de natureza consultiva e deliberativa em assuntos didático-pedagógicos, fundamentado no Projeto Político Pedagógico da escola e no Regimento Escolar.

É o momento em que professores, equipe pedagógica e direção se reúnem para discutir, avaliar as ações educacionais e indicar alternativas que busquem garantir a efetivação do processo de ensino e aprendizagem dos estudantes.

Seu grande objetivo é promover o bem-estar e a eficácia de toda a comunidade escolar, a fim de melhorar o aprendizado dos alunos por meio do desenvolvimento, da revisão e da avaliação dos programas de melhoria e orçamentos escolares.

O conselho de classe tem ainda uma função fundamental na construção de relações mutuamente benéficas, ao criar e estimular comunidades de aprendizado e apoio a culturas escolares únicas para maximizar o potencial do aluno. Ao buscar as melhores oportunidades de aprendizado com um objetivo comum, o conselho de classe proporciona o melhor para o futuro da educação.

Um conselho de classe eficiente e representativo deve contar, no mínimo, com a presença de todos os coordenadores pedagógicos, diretores e subdiretores, assim como a maioria dos professores — com concessões para ausências justificadas, claro.

Além desses, o conselho também pode se beneficiar da participação de representantes dos alunos, dos pais e responsáveis e, eventualmente, da comunidade escolar.

O Conselho de Classe em uma unidade escolar é essencial e obrigatório, pois guarda em si a possibilidade de articular os diversos segmentos da escola e tem por objeto de estudo o processo de ensino que é o eixo central em torno do qual desenvolve-se o processo de trabalho escolar.

Realizado à cada bimestre, trimestre ou semestre para avaliar o ensino aprendizagem do aluno, o conselho de classe também entra em ação no final do ano letivo, quando se reúnem para avaliar os critérios que é levado para reprovação ou aprovação de um aluno e ali mesmo a decisão é tomada.

Muito além de representar um momento de discussão sobre alunos específicos, levantando problemas e, em última instância, tomando decisões a respeito da sua aprovação ou reprovação no final do ano. O conselho de classe serve para debater uma ampla variedade de temas que concernem o desempenho de toda a escola durante o ano letivo. São eles:



  • Garantir a avaliação e melhoria constante: Trata-se de uma oportunidade extremamente valiosa para entender os resultados da escola, reforçar a missão e os valores da instituição e alinhar a ação de todos os profissionais para cumprir com esses preceitos. Sendo assim, o conselho serve para guiar o trabalho de toda a comunidade escolar, redirecionando-a para os objetivos da instituição sempre que ocorrer algum desvio natural. Dessa maneira, a escola garante uma melhoria constante do relacionamento entre professores, alunos e equipe pedagógica. Além de trabalhar para otimizar o desempenho de cada um deles e da aderência da instituição de ensino como um todo aos fins aos que ela mesma se propõe.

  • Promover a gestão democrática na escola: O conselho de classe é um passo indispensável em direção a esse objetivo, já que permite a participação de professores e coordenadores pedagógicos em processos significativos de tomada de decisão na escola.

  • Permitir a troca de ideias entre diferentes membros da equipe: outra vantagem é que por meio do diálogo e da troca de ideias, é possível reunir as vivências dos docentes e contrastá-las, esclarecendo quais estratégias e fatores têm levado a cada um desses resultados.

  • Trabalhar considerando o contexto extraescolar: Os professores e coordenadores nem sempre se lembram de que as dificuldades de alguns estudantes ou classes, principalmente em nível individual, podem estar mais relacionadas ao que acontece fora da escola do que dentro dela. O conselho escolar abre espaço, assim, para se abordar e levar em conta causas externas para o mau desempenho ou indisciplina desses alunos.

Destaca-se que a gestão democrática citada na LDB 9394/96 no artigo 14, garante à equipe pedagógica e aos professores da escola o direito de estabelecer os princípios, finalidades e objetivos de seu Conselho de Classe e dos mecanismos que a possibilitam. E, o Conselho de Classe participativo, pode ressignificar o processo aprendizagem e funciona como uma análise do ensino vivenciada por todos os segmentos que compõem a instituição. Pode suscitar as decisões a respeito da recondução do processo educativo, para que seja pensada a aprendizagem tendo em vista a reorganização das ações pedagógicas, tanto aquelas vivenciadas na escola, como em casa, pela participação da família nos momentos de estudos dos alunos.
Baixar 16.53 Kb.

Compartilhe com seus amigos:




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal