Processo seletivo simplificado da secretaria de cultura de chapecó



Baixar 130.27 Kb.
Página18/18
Encontro22.06.2021
Tamanho130.27 Kb.
#14156
1   ...   10   11   12   13   14   15   16   17   18
LUCIANO JOSÉ BULIGON

Prefeito Municipal



ANEXO I
CARGO, VAGAS, HABILITAÇÃO E VALOR DA INSCRIÇÃO
CARGO: INSTRUTOR COM 2º GRAU AC


CARGO

INSTRUTOR COM 2º GRAU AC - MUSICA

VAGA

HABILITAÇÃO

VALOR DA INSCRIÇÃO

Piano Correpetidor

01

2º Grau

R$ 65,00

Sopros Madeiras*

01

2º Grau

R$ 65,00

Sopros Metais**

01

2º Grau

R$ 65,00

Violão Popular

01

2º Grau

R$ 65,00

Violino

01

2º Grau

R$ 65,00

Violoncelo

01

2º Grau

R$ 65,00

* Habilidade específica em um ou mais dos instrumentos: flauta transversal, clarinete, oboé, fagote.



** Habilidade específica em um ou mais dos instrumentos: trompete, trombone, trompa, tuba, fluegelhorn.


*** VENCIMENTO CARGO DE INSTRUTOR COM 2º GRAU AC

Carga Horária 10 horas semanais: R$ 609,48

Carga Horária 20 horas semanais: R$ 1.218,97

Carga Horária 30 horas semanais: R$ 1.828,45

Carga horária 40 horas semanais: R$ 2.437,94


CARGO: INSTRUTOR COM ENSINO SUPERIOR AC


CARGO

VAGA

HABILITAÇÃO

VALOR DA INSCRIÇÃO

Artes Cênicas: DANÇA – Jazz/Dança Contemporânea

01

Ensino Superior

R$ 65,00

Artes Cênicas: DANÇA – Danças Urbanas

01

Ensino Superior

R$ 65,00

Artes Cênicas: DANÇA – Ballet Clássico

01

Ensino Superior

R$ 65,00

Artes Cênicas: TEATRO

01

Ensino Superior

R$ 65,00

MÚSICA: Acordeon

01

Ensino Superior

R$ 65,00

MÚSICA: Contrabaixo Acústico

01

Ensino Superior

R$ 65,00

MÚSICA: Musicalização Infantil

01

Ensino Superior

R$ 65,00

MÚSICA: Percussão Sinfônica

01

Ensino Superior

R$ 65,00

MÚSICA: Piano

01

Ensino Superior

R$ 65,00

MÚSICA: Piano Correpetidor

01

Ensino Superior

R$ 65,00

MÚSICA: Sopros Madeiras*

01

Ensino Superior

R$ 65,00

MÚSICA: Sopros Metais**

01

Ensino Superior

R$ 65,00

MÚSICA: Teclado

01

Ensino Superior

R$ 65,00

MÚSICA: Técnica Vocal/Canto Coral

01

Ensino Superior

R$ 65,00

MÚSICA: Violão

01

Ensino Superior

R$ 65,00

MÚSICA: Violino

01

Ensino Superior

R$ 65,00

MÚSICA: Violoncelo

01

Ensino Superior

R$ 65,00

* Habilidade específica em um ou mais dos instrumentos: flauta transversal, clarinete, oboé, fagote.

** Habilidade específica em um ou mais dos instrumentos: trompete, trombone, trompa, tuba, fluegelhorn.

*** VENCIMENTO CARGO DE INSTRUTOR COM ENSINO SUPERIOR AC

Carga Horária 10 horas semanais: R$ 889,86

Carga Horária 20 horas semanais: R$ 1.779,71

Carga Horária 30 horas semanais: R$ 2.669,57

Carga horária 40 horas semanais: R$ 3.559,43
ANEXO II

ATRIBUIÇÕES e HABILITAÇÃO
Instrutor Com Nível Superior AC (todos)
Atribuições: Participar da elaboração, aplicação e avaliação do Planejamento Pedagógico de cursos livres e oficinas artísticas e culturais; Conhecer, cumprir e fazer cumprir as normas estabelecidas para cursos e oficinas programados; Orientar as turmas, dirigir estudos e atividades dos alunos; Manter atualizados os diários de classe no que tange a frequência, conteúdos, resultados de avaliação, entregando-os à coordenação/direção nos termos dos prazos fixados; Elaborar projetos e relatórios de atividades sempre que solicitados; Cooperar e promover atividades que visem a melhoria do processo educativo e integração escola-família- comunidade; Ser assíduo, pontual e manter conduta moral exemplar de modo a estimular positivamente seus alunos; Ocupar integralmente o tempo destinado às aulas no desenvolvimento das tarefas inerentes ao processo de ensino-aprendizagem; Elaborar Plano de ensino a partir do plano de cursos e de oficinas que serão desenvolvidos no ano letivo; Registrar qualquer alteração ocorrida em relação ao aluno matriculado (desistência, transferência e inclusão do mesmo); Cumprir o calendário de projetos/programa/escola, observando o total de aulas previstas e dadas, para verificação do conteúdo programático e da carga horária indicada no programa de curso e/ou oficina; A reposição de aula deverá ser acertada em conjunto com a direção/coordenação do programa/projeto/escola.

Habilitação: Ensino Superior Completo, Licenciatura Plena ou Bacharelado em Música, em Artes Cênicas, sendo Teatro ou Dança, ou Ensino Superior Completo, Licenciatura Plena ou Bacharelado em qualquer área e cursos técnicos em alguma das respectivas áreas.


Instrutor Com 2ºGrau AC (todos)
Atribuições: Participar da elaboração, aplicação e avaliação do Planejamento

Pedagógico de cursos livres e oficinas artísticas e culturais; Conhecer, cumprir e fazer cumprir as normas estabelecidas para cursos e oficinas programados; Orientar as turmas, dirigir estudos e atividades dos alunos; Manter atualizados os diários de classe no que tange a frequência, conteúdos, resultados de avaliação, entregando-os à coordenação/direção nos termos dos prazos fixados; Elaborar projetos e relatórios de atividades sempre que solicitados; Cooperar e promover atividades que visem a melhoria do processo educativo e integração escola-família- comunidade; Ser assíduo, pontual e manter conduta moral exemplar de modo a estimular positivamente seus alunos; Ocupar integralmente o tempo destinado às aulas no desenvolvimento das tarefas inerentes ao processo de ensino-aprendizagem; Elaborar Plano de ensino a partir do plano de cursos e de oficinas que serão desenvolvidos no ano letivo; Registrar qualquer alteração ocorrida em relação ao aluno matriculado (desistência, transferência e inclusão do mesmo); Cumprir o calendário de projetos/programa/escola, observando o total de aulas previstas e dadas, para verificação do conteúdo programático e da carga horária indicada no programa de curso e/ou oficina; A reposição de aula deverá ser acertada em conjunto com a direção/coordenação do programa/projeto/escola.


Habilitação: Ensino Médio, com cursos específicos em Música.
ANEXO III
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO PARA TODOS OS CARGOS
ATENÇÃO: Poderão ser objeto de questões quaisquer alterações na legislação constante dos programas das provas, havidas e publicadas até o dia da publicação do presente edital. As bibliografias são meramente sugestões, ficando a cargo do candidato pesquisar e adquirir o material para estudo. Será cobrado o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, que entrou definitivamente em vigor em 01/02/2016.
CONHECIMENTOS BÁSICOS – COMUM A TODOS OS CARGOS

LÍNGUA PORTUGUESA

Fonologia e Fonética (1) Classificação de Fonemas; (2) Encontros vocálicos; (3)

Encontros consonantais; (4)Dígrafos; (5)Ortografia e acentuação conforme o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa; (6) Emprego do hífen. Morfologia (1) Estrutura das palavras; (2) Formação das palavras; (3) Classificação e flexão dos substantivos; artigos; adjetivos, numerais e pronomes; (4) Conjugação verbal; (5) Uso adequado de advérbios, preposições, conjunções e interjeições. Sintaxe (1) sujeito e predicado; (2) Objeto direto e objeto indireto; (3) Orações coordenadas; (4) Orações subordinadas; (5) Sinais de pontuação;(6) Concordância nominal; (7) Concordância verbal. Semântica (1) sinônimos e antônimos; (2) Homônimos e parônimos; (3) Denotação e conotação. Estilística (1) Figuras de linguagem; (2) Vícios de linguagem. Leitura e interpretação de textos. Estrutura de poemas (rimas, estrofes, versos, etc.). Sugestões bibliográficas:

1. CEGALLA (2008). Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. Companhia

Editora Nacional.

2. PASQUAL E EULISSES (2010). Gramática da Língua Portuguesa. Editora

Scipione.

3. BECHARA, E. (2009) Moderna Gramática Portuguesa. Rio de Janeiro: Nova Fronteira e Lucerna.

(*) A sugestão bibliográfica destina-se a orientar os candidatos. Outras bibliografias, dentro do programa, também poderão ser utilizadas.


LEGISLAÇÃO

Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Chapecó; Constituição Federal; Lei Orgânica do Município e Emendas, Lei Complementar nº 498/2012. (Considerara legislação na sua totalidade, exceto quando os artigos estiverem especificados)


*Sugestões Bibliográficas:

1. BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil - Com as Emendas

Constitucionais. (Dos Princípios Fundamentais - Art.1º ao 4º. Dos Direitos e Garantia
Fundamentais – Art.5º a17. da Organização do Estado - Art.18 e 19; Art.29 a 31; Art.34 a 41. da Organização dos Poderes - Art.44 a 69).

2. CHAPECÓ/SC. Lei Orgânica do Município e emendas.

3. CHAPECÓ/SC. Lei complementar nº130, de 05 de dezembro de 2001 e alterações. Dispõe sobre o Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Chapecó, Autarquias e Fundações Públicas Municipais e dá outras providências.

4. CHAPECÓ/SC. Lei complementar nº498, de 17 de dezembro de 2012 e alterações. Dispõe sobre a organização administrativa do Poder Executivo Municipal e dá outras providências.



(*) A sugestão bibliográfica destina-se a orientar os candidatos. Outras bibliografias, dentro do programa, também poderão ser utilizadas.
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
- Ensino Médio (2º Grau AC) - Instrutor de Música - dentre as opções: Piano Correpetidor, Sopros Madeiras (com habilidade específica em um ou mais dos instrumentos: flauta transversal, clarinete, oboé, fagote), Sopros Metais (com habilidade específica em um ou mais dos instrumentos: trompete, trombone, trompa, tuba, fluegelhorn), Violão, Violino, Violoncelo).

- Ensino Superior - Instrutor de Música (dentre as opções: Acordeon, Contrabaixo Acústico, Musicalização Infantil, Piano, Piano Correpetidor, Sopros Madeiras (com habilidade específica em um ou mais dos instrumentos: flauta transversal, clarinete, oboé, fagote), Sopros Metais (com habilidade específica em um ou mais dos instrumentos: trompete, trombone, trompa, tuba, fluegelhorn), Teclado, Técnica Vocal/Canto Coral, Percussão Sinfônica, Violão, Violino, Violoncelo).
Claves; armadura de clave; valores rítmicos e pausas; sinais de articulações; sinais de agógica; semitom, tom e alterações; classificação dos intervalos melódicos e harmônicos; enarmonia; graus da escala diatônica; escalas diatônicas nos modos maior e menor; modos litúrgicos; métricas de compasso, naturezas de compasso, sinais de compasso, unidades de tempo e de compasso; quiálteras, acento métrico, síncopes, contratempo; classificação de inícios e terminações de frases musicais; tons vizinhos, tons homônimos e tons relativos; sinais de dinâmica; série harmônica; cifra cordal (literal e alfanumérica); acordes primários e secundários; modulação harmônica; transposição; andamentos e metrônomo; sinais de abreviatura; classificações vocais (extensão e tessitura); formas binária, ternária e rondó; instrumentos de orquestra (classificação organológica). Cifragem de acordes (análise gradual, funcional e cordal); modulação harmônica; progressões harmônicas; substituição de acordes (empréstimo modal, mediantes cromáticas, dominantes alteradas); técnicas de encadeamento de acordes; cadências musicais; fraseologia musical; formas binária, ternária, lied e rondó; formas de variação (continuas e seccionais); tema e variações; história da música erudita ocidental; gêneros da música erudita ocidental (vocais e instrumentais); ritmos musicais brasileiros; tipos de acompanhamento de canção; análise de texto de canção (rima, versificação, estrofação, prosódia musical); classificações vocais (extensão e tessitura); texturas musicais (homofonia, polifonia, heterofonia, etc); movimento melódico de vozes (princípios de contraponto); contracanto; acústica musical; paisagem sonora (soundscape). História da Música; principais gêneros, estilos e compositores; principais instrumentistas e compositores; Métodos e didática de iniciação musical; A educação musical no contexto atual; Contribuições da música na formação do indivíduo; A intencionalidade da avaliação no processo de apropriação e produção do conhecimento.
Sugestões Bibliográficas:

ALMADA, Carlos. Harmonia Funcional. Campinas: Ed.Unicamp, 2009.

BENNETT, Roy. Elementos básicos da música. Rio de Janeiro: Zahar, 1994. BENNETT, Roy. Instrumentos da orquestra. Rio de Janeiro: Zahar, 1986.

BENNETT, Roy. Forma e estrutura na música. Rio de Janeiro: Zahar, 1986. CHEDIAK, Almir. Dicionário de acordes cifrados. São Paulo: Irmãos Vitale, 1984. CHEDIAK, Almir. Harmonia e Improvisação. Vol.1 e 2. Rio de Janeiro: Lumiar Editora, 1986. GUEST, Ian. Arranjo: método prático. 3 vols. Rio de Janeiro: Lumiar, 1996.

GUEST, Ian. Harmonia: método prático. 2 vols. Rio de Janeiro: Lumiar, 2006.

GRANJA, Carlos Eduardo de Souza Campos. Musicalizando a escola: música, conhecimento e educação. 2ª Ed. São Paulo: Escrituras Editora, 2010.

GROUT, Donald, PALISCA, Claude. História da Música Ocidental. Lisboa: Gradiva,

2007.


JENKINS, Lucien. Manual Ilustrado dos Instrumentos Musicais. São Paulo: Irmãos Vitale, 2009.

KIEFER, Bruno. Elementos da Linguagem musical. Porto Alegre: Movimento, 1984.

LIMA, Marisa Ramires Rosa de. FIGUEIREDO, Sérgio Luiz Ferreira de. Exercício de

Teoria Musical, uma abordagem prática. São Paulo: Embraform, 6a Edição, 2006. MED, Bohumil. Teoria da música. Brasília: Musimed, 1996.

PIOLLI, Maria Luisa de Mattos. Princípios Básicos da Música para a Juventude. Vols1 e 2. Rio de Janeiro: Casa Oliveira de Músicas Ltda, 1983.

(*) A sugestão bibliográfica destina-se a orientar os candidatos. Outras bibliografias, dentro do programa, também poderão ser utilizadas.


Instrutor de Artes Cênicas com Ensino Superior: Ballet, Jazz/Dança Contemporânea, Danças Urbanas

Conhecimento de História da Dança Universal e Brasileira, estilos, escolas e tendências;

composição coreográfica e produção cultural; anatomia, fisiologia e primeiros socorros na dança; cinesiologia e estudo do movimento; didática do ensino da dança.
Sugestões Bibliográficas

ALEXANDER, Gerda. Eutonia: Um caminho para a percepção corporal. 2ªed.- Martins

Fontes, 1991.

ANDERSON, Bob. Alongue-se. Ilustrações de Jean Anderson. São Paulo: Summus,1983.

ARTAXO, Inês e Gisele de Assis Monteiro. Ritmo e Movimento – Teoria e

Prática. São Paulo: Phorte, 2008.

BERTAZZO, Ivaldo. Cidadão Corpo: identidade e autonomia do movimento. 3ªed. –São Paulo: Summus, 1998.

BOURCIER, Paul. História da Dança no Ocidente. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

CALAZANS, Julieta; CASTILHO, Jacyan& GOMES, Simone. Dança e Educação em Movimento. São Paulo: Cortez Editora, 2003.

FARO, Antonio José. Pequena História da Dança. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor,

2004.

FELDENKRAIS, Moshe. Consciência pelo Movimento – São Paulo: Summus, 1977.

FREITAS, Giovanina Gomes de. O esquema corporal, a imagem corporal, a consciência corporal e a corporeidade - Ed. UNIJUÍ, 1999.

GARAUDY, Roger. Dançar a vida. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1980.

IMBASSAÍ, Maria Helena. Sensibilidade no Cotidiano – Consciência Corporal – Rio de

Janeiro: UAPÊ, 2006.

LABAN, Rudolf. Domínio do Movimento – São Paulo: Summus,1978. NANNI, Dionísia. Ensino da Dança. Rio de Janeiro: Shape, 2003.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais – Arte. Brasília, DF: MEC, 1997. V.6

SARAIVA, Mara do Carmo & KLEINUBING, Neusa Dendena. Dança diversidade, caminhos e encontros. Jundiaí: Paco Editorial, 2012.

VIANNA, Klauss. A dança. 3ªed. São Paulo: Summus, 2005.

WALKER, Brad. Alongamento Uma abordagem anatômica. São Paulo: Manole, 2009. (*) A sugestão bibliográfica destina-se a orientar os candidatos. Outras bibliografias, dentro do programa, também poderão ser utilizadas.
Instrutor de Artes Cênicas com Ensino Superior: Teatro

Escola de Tempo Integral: concepção e prática. O Teatro Educativo. Noções de teoria

de Teatro. Ritmo. Jogo cênico. Concepção, utilização e articulação dos elementos cenográficos. Construção corporal do personagem. Expressão corporal, expressão vocal, improvisação. Noção de dramaturgia e interpretação. Criação de figurinos, cenários e adereços. Sonoplastia, iluminação. Histórico da origem do teatro e o teatro na história. Dramatização de poesias. Formação de elenco. Maquiagem. Motricidade. Leitura, escolha e análise de textos. Divisão dos personagens, construção dos personagens, marcação de cenas e apresentações públicas. Jogos de Improvisações Teatrais. Elementos de Linguagem. Procedimentos pedagógicos em Teatro: conteúdos, métodos e avaliação. O Teatro na educação: Fundamentos e tendências pedagógicas do ensino de Teatro no Brasil. Parâmetros Curriculares Nacionais e o Ensino de teatro. História do Teatro e do Espetáculo no Brasil e no mundo. Jogos teatrais. Brecht e Augusto Boal: o diálogo entre eles. Teatro contemporâneo e a corporeidade na cena. Produção e montagem do espetáculo teatral: Elementos Visuais na cena teatral (maquiagem, figurino, cenografia, iluminação). Literatura Dramática: Interpretação teatral: Escolas e Estilos; Técnicas de palco e de expressão corporal. As perspectivas práticas e teóricas do trabalho do ator segundo os fundadores de tradição no Teatro do Século XX. As diversas tendências do teatro contemporâneo: A encenação contemporânea como prática pedagógica. Jogo dramático e jogo teatral: A Pedagogia do Espectador. Teatro/Educação e inclusão artístico-cultural. A formação do artista cênico; A formação do professor de artes cênicas (diretor e ator).
Sugestões Bibliográficas:

ARTAUD, Antonin. O Teatro e seu Duplo. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

BERTHOLD, Margot. História Mundial do Teatro. São Paulo, Ed. Perspectiva, 2000.

BOAL, Augusto. Jogos para Atores e Não-Atores. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2008.

BONFITTO, Matteo. O ator-compositor: as ações físicas como eixo: de Stanislávski a Barba. São Paulo: Perspectiva, 2002.

FO, Dario. Manual Mínimo do Ator. São Paulo: Editora Senac: São Paulo, 2004. NIETZSCHE, Friedrich Wilhelm. A Origem da Tragédia. 5ªed.- São Paulo: Centauro, 2004.

OIDA, Yoshi. O Ator Invisível. São Paulo: Via Lettera, 2007.

STANISLAVSKI, Constantin. A preparação do Ator. 22ª Ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.

(*) A sugestão bibliográfica destina-se a orientar os candidatos. Outras bibliografias, dentro do programa, também poderão ser utilizadas

ANEXO IV REQUERIMENTO

Vaga para Deficiente Físico e/ou Condição Especial para REALIZAÇÃO de provas


Eu, , portador do documento

de identidade Nº ,inscrito no CPF Nº , residente e domiciliado a Rua

, Bairro

, Cidade

, Estado

,CEP: ,inscrito no Processo Seletivo Nº

003/2019 do Município de Chapecó–SC (Secretaria de Cultura de Chapecó), para o cargo de , requer a Vossa Senhoria:

1– ( ) Vaga para portadores de Deficiência



Deficiência:

CID n°:

Nome do Médico:
2 – ( ) Condição Especial para realização da prova:

a) ( ) Prova com ampliação do tamanho da fonte /letra

b) ( ) Sala Especial



Especificar:


c) ( ) Leitura de Prova

d) ( ) Amamentação. Nome do Acompanhante:

Nome da Criança

Data de nascimento

Outra Necessidade:
Especificar:




Nestes Termos, peço deferimento.
,de ______________ de 2019


Assinatura do Requerente




ANEXO V
REQUERIMENTO DE ISENÇÃO DA TAXA DE INSCRIÇÃO

Eu ,portador do documento de identidade Nº ,inscrito no CPF Nº ________________ ,



residente e domiciliado a Rua

, Bairro



,Cidade



,Estado , CEP:

,inscrito no Processo Seletivo Nº 003/2019 do Município de

Chapecó–SC (Secretaria de Cultura de Chapecó), inscrição Nº ,

Para o cargo de

requer a

Vossa Senhoria isenção da taxa de inscrição, visto que, comprovadamente, me enquadro nas condições de:
( ) Doador de Sangue (apresentar comprovante das doações)
( ) Eleitor convocado e nomeado para servir à Justiça Eleitoral (Lei Municipal nº6.440, de 22 de julho de 2013)

Declaro, sob as penas da lei, que sou doador de sangue, ou ainda que atendo aos requisitos da Lei Municipal nº 6.440, juntando à presente todos os documentos descritos no edital.


Nestes Termos, peço deferimento.

Chapecó, de de 20 .

Assinatura do Requerente




ANEXO VI
REQUERIMENTO PARA INTERPOSIÇÃO DE RECURSOS Tipo de Recurso:

[ ] 1 –Contra indeferimento de inscrição

[ ] 2 –Contra questão da prova ou gabarito preliminar

[ ] 3–Contra a classificação preliminar



Nome do Candidato:

N.º de Inscrição:

Cargo:
Habilitação:



Identidade: CPF: N.º da Questão: Data:



OBS.: Nos recursos contra o teor das questões ou gabarito preliminar,

preencher, obrigatoriamente, um formulário para cada questão.

Fundamentação e Sugestões Bibliográficas:

Assinatura do Requerente

Baixar 130.27 Kb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   10   11   12   13   14   15   16   17   18




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal