Problemas e soluções no transporte público e na mobilidade clipping cidade Verde


Evandro Machado defende e lutará pela implantação do Projeto TARIFA ZERO



Baixar 0.55 Mb.
Página33/39
Encontro17.03.2020
Tamanho0.55 Mb.
1   ...   29   30   31   32   33   34   35   36   ...   39
Evandro Machado defende e lutará pela
implantação do Projeto TARIFA ZERO

Evandro Machado é um dos criadores do Projeto Tarifa Zero que foi construído também com a participação do Professor Washington Luiz Souza e Professora Doutora Maria Rosa Abreu (UnB). Defende incondicionalmente o projeto e lutará por sua viabilidade, por acreditar que a Garantia do Direito Constitucional de ir e vir do Cidadão é o principal objetivo de um sistema de transporte publico organizado.



T A R I F A      Z E R O

Transporte Público, Gratuito e de Qualidade

A REVOLUÇÃO DO TRANSPORTE PÚBLICO COLETIVO EM BRASÍLIA

 

1.    Introdução

Garantir o direito constitucional de “ir e vir” do cidadão, é o principal objetivo de um sistema de transporte público organizado, e sonho de consumo das camadas menos favorecidas da sociedade.

Como em todo o País as políticas de desenvolvimento urbano estão voltadas para garantir melhoras no sistema viário, privilegiando, estimulando e incentivando a utilização de automóveis como forma de deslocamento dos trabalhadores e da população em geral, em detrimento de políticas públicas voltadas de forma clara para estimular e democratizar a acessibilidade e mobilidade urbana, em um sistema público de transporte coletivo acessível e de boa qualidade.

Estudos apontam para existência de relação direta entre renda, mobilidade e sistema viário. Quanto mais se investe na melhoria do sistema viário, mais se incentiva o uso do veículo particular como meio de transporte. Quanto maior a renda do indivíduo, maior é a procura pela aquisição de veículos e se há um veículo particular a tentação de utilizá-lo como meio de transporte é absolutamente, uma questão de tempo, pois o sistema de transporte público coletivo é invariavelmente INEFICAZ, INADEQUADO, INEFICIENTE e CARO.

No Distrito Federal, tal realidade é ainda mais cruel, pois temos o mais elevado valor de tarifário em todo o País, e como contra partida, um dos mais ineficientes.

Até mesmo o METRÔ é ineficiente pois o planejamento da linha não atende as necessidades de deslocamento da população, que se vê obrigada a se servir de linhas de ônibus com tarifas fora da realidade econômica e com veículos inadequados ao transporte, em função de  frota antiga e sucateada.




Compartilhe com seus amigos:
1   ...   29   30   31   32   33   34   35   36   ...   39


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal