Português: trilhas e tramas, volume 2


f) Que exemplos ele utiliza para mostrar que o uso nem sempre segue a regra? g)



Baixar 8.62 Mb.
Página392/546
Encontro13.08.2021
Tamanho8.62 Mb.
1   ...   388   389   390   391   392   393   394   395   ...   546
f) Que exemplos ele utiliza para mostrar que o uso nem sempre segue a regra?

g) Que critério os falantes usam nesses casos, segundo o autor?
Página 247

4 Leia estes versos de uma letra de canção e recorde os conceitos de norma-padrão e normas urbanas de prestígio:

Primeiro você me azucrina, me entorta a cabeça


Me bota na boca um gosto amargo de fel [...]

GONZAGUINHA. ”Grito de alerta”. Disponível em: . Acesso em: 11 jan. 2016.

A norma-padrão constitui um modelo ideal de uso da língua, prescrito pelas gramáticas normativas, que não consideram que a língua seja viva, dinâmica, sujeita a mudanças. As regras de colocação dos pronomes oblíquos átonos são um exemplo disso, pois geralmente se baseiam em uma amostra restrita de textos literários considerados clássicos.

Já as normas urbanas de prestígio referem-se a falares urbanos de setores da sociedade que têm maior prestígio social, cultural e político. Esses setores são formadores de opinião, pois têm maior acesso à modalidade escrita, à tradição escolar e aos meios de comunicação, especialmente a imprensa e outras instituições conceituadas.





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   388   389   390   391   392   393   394   395   ...   546


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal