Português: trilhas e tramas, volume 2


a) Ah! Que prazer revê-lo! I



Baixar 8.62 Mb.
Página357/546
Encontro13.08.2021
Tamanho8.62 Mb.
1   ...   353   354   355   356   357   358   359   360   ...   546
a) Ah! Que prazer revê-lo!

I. decepção

b) Ah! Quanta dor eu sinto!

II. sofrimento

c) Ah! Encontrei a solução!

III. contentamento

d) Ah! Mas você prometeu que viria!

IV. admiração

e) Ah! Que bela música!

V. satisfação
Página 217

17 Polissemia, homonímia, paronímia, sinonímia, antonímia



Na bagagem

• Você sabe o que é polissemia, homonímia e paronímia?

• Sabe como explorar esses elementos para construir diferentes efeitos de sentido nos textos que produz?

Anedota é uma pequena história humorística a respeito de um fato real ou imaginário. Que recursos linguísticos podem ser usados para construir o efeito humorístico de uma anedota?



Nas trilhas do texto

Leia o texto a seguir:



Anedota

Domínio público (autor desconhecido)

Um músico ambulante toca sua sanfoninha no viaduto do Chá, em São Paulo.

Chega o “rapa” e o interrompe:

– Você tem licença?

– Não, senhor.

– Então me acompanhe.

– Sim, senhor. E que música o senhor vai cantar?

Chiquinha



rapa: carro da prefeitura municipal que conduz fiscais, guardas e policiais responsáveis por apreender mercadorias de vendedores ambulantes. Por extensão, rapa é o fiscal ou o policial do carro/viatura.

A que palavra está relacionado o efeito de humor da anedota? Como esse efeito de humor é construído?


Página 218



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   353   354   355   356   357   358   359   360   ...   546


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal