Português: trilhas e tramas, volume 2



Baixar 8.62 Mb.
Página328/546
Encontro13.08.2021
Tamanho8.62 Mb.
1   ...   324   325   326   327   328   329   330   331   ...   546
Nas trilhas do texto

Leia um trecho do Capítulo VI, no qual Quincas faz uma síntese de sua “filosofia de vida” – o Humanitismo – a outra personagem: Rubião, seu discípulo.



Quincas Borba

Machado de Assis

Capítulo VI

[...]


– Não há morte. O encontro de duas expansões, ou a expansão de duas formas, pode determinar a supressão de uma delas; mas, rigorosamente, não há morte, há vida, porque a supressão de uma é a condição da sobrevivência da outra e a destruição não atinge o princípio universal e comum. Daí o caráter conservador e benéfico da guerra. Supõe tu um campo de batatas e duas tribos famintas. As batatas apenas chegam para alimentar uma das tribos, que assim adquire forças para transpor a montanha e ir à outra vertente, onde há batatas em abundância; mas, se as duas tribos dividirem em paz as batatas do campo, não chegam a nutrir-se suficientemente e morrem de inanição. A paz, nesse caso, é a destruição; a guerra é a conservação. Uma das tribos extermina a outra e recolhe os despojos. Daí a alegria da vitória, os hinos, aclamações, recompensas públicas e todos os demais efeitos das ações bélicas. Se a guerra não fosse isso, tais demonstrações não chegariam a dar-se, pelo motivo real de que o homem só comemora e ama o que lhe é aprazível ou vantajoso, e pelo motivo racional de que nenhuma pessoa canoniza uma ação que virtualmente a destrói. Ao vencido, ódio ou compaixão; ao vencedor, as batatas.

[...]


MACHADO DE ASSIS. Quincas Borba. In: Obra completa. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1997. v. 1. p. 648-649.

inanição: enfraquecimento extremo por falta de alimentação.


Compartilhe com seus amigos:
1   ...   324   325   326   327   328   329   330   331   ...   546


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal