Português: trilhas e tramas, volume 2


Teorias que influenciaram as estéticas realista e naturalista



Baixar 8.62 Mb.
Página288/546
Encontro13.08.2021
Tamanho8.62 Mb.
1   ...   284   285   286   287   288   289   290   291   ...   546
Teorias que influenciaram as estéticas realista e naturalista

Objetivismo: sistema de pensamento que afirmava a superioridade da observação de aspectos objetivos da realidade sem interferência da subjetividade. Essa doutrina considerava existirem princípios objetivos de validade geral.

Positivismo: doutrina filosófica de Auguste Comte (1798-1857), que valorizava apenas a experiência e o conhecimento de mundo baseado em fatos. Era contrária às especulações de ordem metafísica ou religiosa.

Cientificismo: teoria filosófica segundo a qual só a ciência dá a conhecer as coisas como elas realmente são. Essa concepção considerava que a ciência resolveria todos os reais problemas da humanidade e seria suficiente para satisfazer todas as necessidades da inteligência humana. Assim, os métodos científicos deveriam ser estendidos a todos os domínios da vida humana.

Materialismo: pensamento que considerava que a matéria prevalecia sobre o espírito ou sobre a mente. Explicava a criação do mundo como processo evolutivo e não como criação divina. O materialismo se afirmava na adequação da razão ao conhecimento do mundo. Essa adequação se evidenciava pelo incessante progresso da ciência.

Racionalismo: método que preconizava a observação das coisas, baseando-se exclusivamente na razão. Era, pois, uma doutrina segundo a qual o real podia ser plenamente conhecido ou explicável pela razão ou pela inteligência, em detrimento da intuição, da vontade e da sensibilidade.

Evolucionismo: corrente filosófica segundo a qual o modelo da evolução (biológica, social etc.) explicaria as grandes transformações do mundo. Também conhecida como Darwinismo ou Lamarckismo.

Determinismo: corrente filosófica marcante desse período. Como vimos neste capítulo, pregava a relação rigorosa entre o ser humano e os fenômenos ambientais, sociais ou biológicos. Esses fenômenos estariam tão ligados entre si que, a um dado momento, um estaria completamente condicionado pelo outro que o precederia e o acompanharia. Esse fato condicionaria, com o mesmo rigor, os outros fenômenos que lhe sucederiam.

¦ ¦Determinismo social: o ser humano – com suas ações, comportamentos, personalidade, condições de vida etc. – seria um produto do meio social em que vive;

¦ ¦Determinismo biológico: o ser humano seria um produto do seu próprio instinto ou da sua própria hereditariedade.

¦ ¦Determinismo ambiental: todas as condições ambientais seriam os fatores determinantes das variações nas formas de organização social e nas configurações culturais do indivíduo.
Página 180

Assim, segundo o determinismo, as ações das pessoas seriam condicionadas pela sua origem, pelo meio social e pelo ambiente em que vivem.





Compartilhe com seus amigos:
1   ...   284   285   286   287   288   289   290   291   ...   546


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal