Português: trilhas e tramas, volume 2



Baixar 8.62 Mb.
Página28/546
Encontro13.08.2021
Tamanho8.62 Mb.
1   ...   24   25   26   27   28   29   30   31   ...   546
O Trovadorismo

Inspiradas na poesia provençal, as cantigas trovadorescas, que datam aproximadamente do século XII, são consideradas as primeiras manifestações literárias portuguesas. O movimento literário em que elas surgiram ficou conhecido como Trovadorismo.


Página 19

O idioma usado pelos trovadores de Portugal e da Galícia era o galego-português, do qual se originaram as línguas portuguesa e galega.

A origem da língua portuguesa foi estudada no volume 1, no capítulo 8 da frente Integrando linguagens.

As cantigas trovadorescas eram transmitidas oralmente. Mais tarde, foram divulgadas em cópias e acabaram sendo recolhidas em três importantes antologias, os cancioneiros:

• o Cancioneiro da Ajuda, conjunto de trovas que pertenceu aos jesuítas de Évora (no reinado de Afonso III, no século XIII), encontra-se na Biblioteca da Ajuda;

• o Cancioneiro da Vaticana inclui poesias de Dom Dinis e outros poetas, em um total de 1 205 composições;

• o Cancioneiro da Biblioteca Nacional pertenceu ao humanista italiano Angelo Colocci, e por isso é também conhecido como Cancioneiro Colocci-Brancuti. Está na Biblioteca Nacional de Lisboa e reúne trovadores dos reinados de Afonso III e de Dom Dinis.

British Library, Londres

Iluminura do Graal de Rochefoucauld (1315-1323) representando a batalha do rei Arthur contra os saxões.

Há também o livro das Cantigas de Santa Maria, poesia narrativa escrita em galego-português por Afonso, o Sábio, rei de Castela. Muitas dessas cantigas são de autoria desconhecida.



Biblioteca Monasterio del Escorial, Madrid

Rei Afonso × e sua corte musical. Iluminura das Cantigas de Santa Maria (1221-1284).



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   24   25   26   27   28   29   30   31   ...   546


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal