Português: trilhas e tramas, volume 2



Baixar 8.62 Mb.
Página205/546
Encontro13.08.2021
Tamanho8.62 Mb.
1   ...   201   202   203   204   205   206   207   208   ...   546
O navio negreiro

Estamos em pleno mar,


Embarcações de ferro e aço,
Onde pessoas disputam
Palmo a palmo por um espaço.

Nesse imenso rio negro


De piche e asfalto,
Cristo observa tudo calado,
De braços abertos lá do alto.

Onde a lei do silêncio


Impede que ecoe o grito do morro,
Dos poetas em barracos sem forro,
Que clamam por socorro.
[...]

O navio hoje é barca


Sem velas, só sirene.
Navegando na estrada,
Hoje volantes, ontem lemes.

O porão do navio


Hoje é chiqueiro de camburão.
Os chicotes e açoites
Trocados pelo cacete e oitão.

A senzala virou presídio,


O quilombo é a favela,
Os zumbis pelo mundo
São Malcolm X, Luther King,
Zumbis ou Mandelas.

SLIM Rimografia. Navio negreiro. São Paulo: Panda Books, 2011, [s.p.]

Baseado no que você leu e em seus conhecimentos, explique estas estrofes:

a) Estamos em pleno mar,
Embarcações de ferro e aço,
Onde pessoas disputam
Palmo a palmo por um espaço.

Nesse imenso rio negro


De piche e asfalto,
Cristo observa tudo calado,
De braços abertos lá do alto.”

b) O navio hoje é barca
Sem velas, só sirene.
Navegando na estrada,
Hoje volantes, ontem lemes.

O porão do navio


Hoje é chiqueiro de camburão.
Os chicotes e açoites
Trocados pelo cacete e oitão.



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   201   202   203   204   205   206   207   208   ...   546


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal