Português: trilhas e tramas, volume 2



Baixar 8.62 Mb.
Página155/546
Encontro13.08.2021
Tamanho8.62 Mb.
1   ...   151   152   153   154   155   156   157   158   ...   546
8 (Enem/2008 – adaptada)

Reproduza no caderno o verso do soneto de Cláudio Manuel da Costa em que o poeta se dirige ao seu interlocutor.



a) Torno a ver-vos, ó montes; o destino (v. 1)

b) Aqui estou entre Almendro, entre Corino, (v. 5)

c) Os meus fiéis, meus doces companheiros, (v. 6)

d) Vendo correr os míseros vaqueiros (v. 7)

e) Que, da Cidade, o lisonjeiro encanto, (v. 11)

Cláudio Manuel da Costa (1729 -1789) nasceu em Ribeirão do Carmo (atual Mariana-MG) e faleceu em Vila Rica. Cursou filosofia no Rio de Janeiro e se formou em Cânones em Lisboa e Coimbra, onde entrou em contato com os ideais iluministas. No Brasil, foi secretário do governo de Minas Gerais e juiz medidor de terras da Câmara de Vila Rica. Por sua participação na Inconfidência Mineira, foi preso e interrogado, depois, encontrado enforcado numa cela em Vila Rica. Criou uma academia de poetas, a Colônia Ultramarina, adotando o nome Glauceste Satúrnio. Seus poemas dessa época demonstram preocupação com problemas políticos e sociais. Também introduziu em seus textos elementos locais, descrevendo paisagens e expressando o nacionalismo. Em sua obra se destacam Vila Rica, Epicédio, Labirinto de amor e Obras poéticas de Glauceste Satúrnio.

Daniel Klein


Página 104



Compartilhe com seus amigos:
1   ...   151   152   153   154   155   156   157   158   ...   546


©historiapt.info 2019
enviar mensagem

    Página principal