Portugues ling int vol3 pnld2018 capa al pr indd



Baixar 39.74 Mb.
Pdf preview
Página239/273
Encontro07.02.2022
Tamanho39.74 Mb.
#21486
1   ...   235   236   237   238   239   240   241   242   ...   273
Linguagem Interacao 3 MP 0019P18013 PNLD2018
Confidência do itabirano

Alguns anos vivi em Itabira.

Principalmente nasci em Itabira.

Por isso sou triste, orgulhoso: de ferro.

Noventa por cento de ferro nas calçadas.

Oitenta por cento de ferro nas almas.

E esse alheamento do que na vida é porosidade e 

[comunicação.

A vontade de amar, que me paralisa o trabalho,

vem de Itabira, de suas noites brancas, sem mulhe-

[res e sem horizontes.

E o hábito de sofrer, que tanto me diverte,

é doce herança itabirana.

De Itabira trouxe prendas diversas que ora te ofereço:

esta pedra de ferro, futuro aço do Brasil,

este São Benedito do velho santeiro Alfredo Duval;

este couro de anta, estendido no sofá da sala de 

[visitas;

este orgulho, esta cabeça baixa...

Tive ouro, tive gado, tive fazendas.

Hoje sou funcionário público.

Itabira é apenas uma fotografia na parede.

Mas como dói!

ANDRADE, Carlos Drummond de. Poesia completa.  

Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 2003.

Carlos Drummond de Andrade é um dos expoen-

tes do movimento modernista brasileiro. Com seus 

poemas, penetrou fundo na alma do Brasil e tra-

balhou poeticamente as inquietudes e os dilemas 

humanos. Sua poesia é feita de uma relação tensa 

entre o universal e o particular, como se percebe 

claramente na construção do poema Confidência 



do itabirano. Tendo em vista os procedimentos de 

construção do texto literário e as concepções artís-

ticas modernistas, conclui-se que o poema:

a) 


representa a fase heroica do modernismo, devi-

do ao tom contestatório e à utilização de expres-

sões e usos linguísticos típicos da oralidade.

b) 


apresenta uma característica importante do gê-

nero lírico, que é a apresentação objetiva de 

fatos e dados históricos.

c) 


evidencia uma tensão histórica entre o “eu” e a 

sua comunidade, por intermédio de imagens que 

representam a forma como a sociedade e o mun-

do colaboram para a constituição do indivíduo.

X

d) 


critica, por meio de um discurso irônico, a posição 

de inutilidade do poeta e da poesia em compara-

ção com as prendas resgatadas de Itabira.

e) 


apresenta influências românticas, uma vez que 

trata da individualidade, da saudade da infância 

e do amor pela terra natal, por meio de recur-

sos retóricos pomposos.

9


Baixar 39.74 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   235   236   237   238   239   240   241   242   ...   273




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal