Portugues ling int vol3 pnld2018 capa al pr indd



Baixar 39.74 Mb.
Pdf preview
Página198/273
Encontro07.02.2022
Tamanho39.74 Mb.
#21486
1   ...   194   195   196   197   198   199   200   201   ...   273
Linguagem Interacao 3 MP 0019P18013 PNLD2018
raciocínio dedutivo. É o que ocorre no texto 1 deste capítulo: parte-se da ideia de 

que “a solidificação democrática refina essa participação, aumentando o poder e a 

importância do voto” (linhas 10-12), expressa no primeiro parágrafo. A partir disso, 

no segundo e no terceiro parágrafos, acrescentam-se dados que revelam os riscos 

da não participação política para os cidadãos. 

2. Partir de dados e explicações para chegar à conclusão. Esse procedimento 

é chamado de raciocínio indutivo. É o que acontece na correspondência lida no 

texto 1 do Capítulo 7. Naquele texto, após uma série de considerações, o leitor é 

levado a compreender a razão dos elogios e agradecimentos. 

Nessas duas formas de raciocínio, o percurso argumentativo sempre é do 

conhecido para o desconhecido. O que é conhecido — as explicações ou os argu-

mentos — deve sempre se fortalecer com a conclusão. 

5

  Valendo-se de jornais ou revistas (impressos ou 



on-line), selecione textos argu-

mentativos: ensaios, artigos de opinião, cartas do leitor, cartas de solicitação. 

a) 

Observe o tipo de percurso argumentativo utilizado (dedutivo ou indutivo).



b) 

Separe os argumentos em “favoráveis” e “contrários” à tese. 

c) 

Analise a relação entre os argumentos apresentados. 



d) 

Em seguida responda em seu caderno: 



A argumentação, o percurso argumentativo e a estrutura das relações 



lógicas lhe parecem coerentes ou você identificou algum tipo de contra-

dição ou incoerência?



Os argumentos fortalecem o que se afirma na tese? 



Há predomínio de argumentos favoráveis ou contrários à tese? 



e) 

Após essa análise, discuta com os colegas e o professor os resultados a 

que você chegou. 

Diálogo com a literatura 

I.  Tendências contemporâneas da 

literatura brasileira 

A literatura que se desenvolveu no Brasil após a terceira fase do Modernismo é 

formada por obras de tendências muito variadas e diferentes entre si. Neste capítulo, 

apresentamos uma coletânea de exemplos dessa produção literária, que vai do final dos 

anos 1970 até os dias atuais. Organizamos a coletânea em duas partes: poesia e prosa. 

Leia atentamente os textos, discuta-os com os colegas e o professor, acom-

panhando as explicações sobre os autores, as obras e o contexto de produção. 

Em alguns textos, há roteiros de questões que devem ajudar você a compreender 

determinados aspectos das obras às quais se referem. 

 Há ainda outras formas de 

raciocínio, como a abdução 

e a meta-abdução. Nessas 

formas, parte-se do desco-

nhecido para chegar-se ao co-

nhecido. Essa forma de argu-

mentação não é muito comum 

nas dissertações em prosa

por isso não a apresentamos 

aos alunos. Se você quiser 

comentar, poderá dar alguns 

exemplos de raciocínio abdu-

tivo, lembrando aos alunos o 

percurso que faz um detetive 

para desvendar um crime: o 

crime, que é o que se conhe-

ce, é apenas o resultado de 

um conjunto de ações que se 

desconhece. Para “reconsti-

tuir” o crime, o detetive parte 

de indícios e pistas e, com 

base nisso, constrói o raciocí-

nio. Sobre a abdução e a me-

ta-abdução, consulte o ensaio 

Chifres, cascos e canelas, de 

Umberto Eco (in: ECO, Um-

berto; SEBEOK, Thomas E. O 

signo de três. São Paulo: Pers-

pectiva, 1991). Nesse livro

estudam-se minuciosamente 

as três formas de raciocínio do 

ponto de vista da semiótica. 



5. e)   O importante é que os 

alunos observem característi-

cas argumentativas em textos 

alheios e discutam aquelas que 

lhes parecerem inadequadas. 

Será também um bom exercí-

cio para a descoberta de con-

tradições e incoerências, tão 

comuns em textos argumenta-

tivos não muito bem escritos.

Linguagem_Interacao_LP_V3_PNLD2018_285a335_U4_C8.indd   290

26/05/16   10:19




291

UNIDADE 4  MUNDO DO TRABALHO (II)

Poesia

Concretismo



Leia o texto a seguir.

TEXTO 2 


1

  O texto aproxima-se mais da comunicação visual do que da comunicação lin-

guística apenas. Explique.

2

  O poema tem estrofes e versos? 



Não. 

3

  Que relação de sentido você apontaria entre os termos solidário e solitário?



4

  O espaço branco da folha tem algum significado no poema? Explique.

5

 Considerando o que você conhece de Matemática, comente a possibilidade 



de fazer combinações no poema. 

No poema de Azeredo, observam-se: abolição do verso; exploração do aspecto 

material das palavras (forma); composição e montagem das palavras contribuindo 

para o significado do poema; rejeição do lirismo e de engajamento político.

Essa poesia nova, em que o poema passa a ser ele mesmo um 

objeto de apre-

ciação (como se fosse uma tela), foi a mais marcante novidade da poesia brasi-

leira que começou a se produzir nos anos 1950-1960. Trata-se do 


Baixar 39.74 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   194   195   196   197   198   199   200   201   ...   273




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal