Portugues ling int vol3 pnld2018 capa al pr indd


exsurge  e canta! E esse destroço humano, esse pouco de pó Contra a destruição se aferra à vida,  e



Baixar 39.74 Mb.
Pdf preview
Página191/273
Encontro07.02.2022
Tamanho39.74 Mb.
#21486
1   ...   187   188   189   190   191   192   193   194   ...   273
Linguagem Interacao 3 MP 0019P18013 PNLD2018
exsurge

 e canta!

E esse destroço humano, esse pouco de pó

Contra a destruição se aferra à vida



e luta,

E treme, e cresce, e brilha, e afia o ouvido, e escuta

A voz, que na solidão só ele escuta:

[...]

BILAC, Olavo. O caçador de esmeraldas. Disponível em:

academicos/olavo-bilac/textos-escolhidos>. Acesso em: abr. 2016.

Em seu caderno, comente esse uso estilístico da conjunção.

9  

 Retome algum texto que você mesmo tenha produzido até aqui e analise o 



emprego que foi feito das conjunções coordenativas. Verifique se você foi 

8.   Aceite as respostas dos 

alunos e aproveite-as para con-

versar com eles a respeito dos 

efeitos alcançados pela repeti-

ção da conjunção nesses ver-

sos: não só colabora com a 

sensação de acumulação se-

quencial de fatos como com 

a individualização de cada um. 

O ritmo das ocorrências pare-

ce mais lento, enfatizando a 

agonia de Fernão Dias Paes, o 

caçador de esmeraldas, que, 

depois de quatro anos percor-

rendo a região que correspon-

de ao atual estado de Minas 

Gerais, encontrou um lote de 

pedras verdes. Fernão morreu 

de febre, no meio da mata, 

em 1681. A repetição das con-

junções reforça o apego do 

bandeirante à vida, bem no 

momento em que parecia ter 

atingido seu objetivo. Segun-

do consta, Fernão Dias morreu 

sem saber que as pedras en-

contradas não eram esmeral-

das, e sim turmalinas, de valor 

infinitamente menor que o das 

pedras que buscava.




Baixar 39.74 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   187   188   189   190   191   192   193   194   ...   273




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal