Portugues ling int vol3 pnld2018 capa al pr indd


a) Estavam muito cansados,  mas (porém/no entanto/entre- tanto) conseguiram competir  até o final. 2. b)



Baixar 39.74 Mb.
Pdf preview
Página188/273
Encontro07.02.2022
Tamanho39.74 Mb.
#21486
1   ...   184   185   186   187   188   189   190   191   ...   273
Linguagem Interacao 3 MP 0019P18013 PNLD2018
2. a) Estavam muito cansados

mas (porém/no entanto/entre-

tanto) conseguiram competir 

até o final.



2. b) As crises eram frequen-

tes, logo (portanto/por isso) o 

governo do país estava amea-

çado.


Não foi ao jogo nem assistiu pela TV.

Saiam rapidamente, pois (porque/que) o ônibus já está chegando.

Linguagem_Interacao_LP_V3_PNLD2018_258a284_U4_C7.indd   278

26/05/16   10:20




279

UNIDADE 4  MUNDO DO TRABALHO (II)

3  

  Reescreva em seu caderno os períodos a seguir substituindo o 



 pela conjunção 

coordenativa adequada. Analise bem as relações possíveis entre as orações.

a) 


Parou perto do ponto de ônibus 

 ficou a observar os carros passarem.



b) 

Tinha apenas dois anos; era, 

, bem pequeno.



c) 

Precisava fazer cirurgia cardíaca, 

 tinha muito medo.



d) 

O jogo foi horroroso, 

 perdemos de 3 a 0 para o Flamengo.



e) 

“No Carnaval, 

 se brinca 



 se foge para onde ninguém fala em carnaval.” 

(Carlos Drummond de Andrade)

f) 


Não jogava cartas

 via televisão.



4  

  Reescreva em seu caderno os períodos que seguem substituindo a conjunção 

explicativa pela conclusiva e vice-versa. Faça as adaptações necessárias.

a) 


Tinha apenas treze anos, portanto não podia ir a festas sozinho.

b) 


Sentiu-se arrasada, pois percebeu que sua vida era semelhante à da vizinha.

c) 


“Penso, logo existo.” (Descartes)

5  


  Reescreva os períodos em seu caderno substituindo a conjunção que por uma 

correspondente.

a) 

Todas as minhas amigas querem desfilar, e não eu.



b) 

Varre que varre sem parar.

IV. Conjunções coordenativas e argumentação

Pelo fato de estabelecerem relações de sentido entre duas ou mais ideias, as con-

junções coordenativas têm papel fundamental na argumentação: ao lado das 

conjunções subordinativas adverbiais e da pontuação, elas são responsáveis pela 

micro e pela macroestruturação dos argumentos. No exemplo da correspondên-

cia de agradecimento e elogio estudada na seção “Linguagem e texto”, o autor da 

carta, ao empregar a conjunção coordenativa 

pois em “[...] pois isto demonstra 

respeito e consideração” (linhas 26-27), dá um sentido de explicação ao trecho, 

justificando o que foi dito anteriormente. Esse emprego tem, como vimos, valor 

argumentativo na correspondência.

6  


 Leia um trecho de matéria jornalística a respeito da definição de loucura e 

observe como as conjunções e locuções conjuntivas destacadas ajudam a jor-

nalista a construir a argumentação. Depois, faça o que se pede no caderno.

[...] Homens cujo estado de espírito difere drasticamente da média dos 

demais existem desde as épocas mais remotas — assim como tratamentos 

para curá-los. No entanto, por séculos, acreditava-se que a loucura era cau-

sada pela vontade dos deuses sendo, portanto, parte do destino de alguns. 

Fosse para punir ou até mesmo para recompensar — o Alcorão conta como 

Maomé achava veneráveis os loucos, já que tinham sido abençoados com 

loucura por Alá, que lhes tirava o juízo para que não pecassem — fato é que a 

loucura estava associada com a ideia de destino e participava da vida social 


Baixar 39.74 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   184   185   186   187   188   189   190   191   ...   273




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal