Portugues ling int vol3 pnld2018 capa al pr indd



Baixar 39.74 Mb.
Pdf preview
Página136/273
Encontro07.02.2022
Tamanho39.74 Mb.
#21486
1   ...   132   133   134   135   136   137   138   139   ...   273
Linguagem Interacao 3 MP 0019P18013 PNLD2018
Os sertões apresenta um relato da Campanha de Canudos.

Os sertões apresentam um relato da Campanha de Canudos.



A tendência atual, principalmente na imprensa, é empregar o verbo no 

plural, mesmo que o nome não seja precedido de artigo. Por exemplo:

“EUA fazem 1°- transplante de fígado entre pacientes com HIV no 

mundo.” (



Globo.com, mar. 2016.)

8. Sujeito formado por coletivo

A multidão aplaude o presidente durante o discurso.

 sujeito 

verbo

  coletivo 



no singular

 no  singular

sujeito da oração principal: é a 

oração subordinada

verbo da oração principal: concorda 

com o sujeito do antecedente quem 

ou fica na 3ª- pessoa do singular

Infância, de Graciliano 

Ramos (editora Record), 

também é um livro de 

memórias, baseado nas 

experiências de Graciliano 

quando garoto.

R

eprodução/Ed. R



ecord

Linguagem_Interacao_LP_V3_PNLD2018_176a212_U3_C5.indd   197

26/05/16   10:17



198

CAPÍTULO 5  RELATOS DE VIDA

Observação: quando o coletivo for seguido de uma expressão no plural, o 

verbo pode ou não concordar com esse plural. Por exemplo:

“[...] um bando de cientistas do instituto Riken, no Japão, conseguiu 

fabricar pele de ratos usando células-tronco dos bichinhos.”  

(Superinteressante, abr. 2016.)

Um bando de cientistas do instituto Riken, no Japão, conseguiram 

fabricar pele de ratos usando células-tronco dos bichinhos.

9. O sujeito é um pronome de tratamento

“‘Vossa excelência, com certeza, muito contribuirá aqui conosco’, disse o presidente do TSE.” 

(Correio Braziliense, set. 2014.)

 

sujeito 


verbo

 pronome de tratamento 

na 3ª- pessoa

“Quão excelentes são Vossas Excelências?” (Correio Braziliense, mar. 2015.)

10. 

Se como partícula apassivadora (voz passiva sintética ou pronominal) 



“Efetivamente se queimaram alguns livros [...]”

 

(texto 2, linhas 21-22)



 

verbo (trans. dir.) 

sujeito

 

+ partícula se 



(paciente)

 

concorda com o sujeito



Na voz passiva analítica, teríamos:

Efetivamente alguns livros foram queimados.

11. 

Se como índice de indeterminação do sujeito



Precisa-se de mais funcionários nesta empresa.

 

verbo + se 



 sujeito indeterminado

 (trans.  indir./intrans.)

 3

ª-



 pessoa do singular

Fala-se o tempo todo nesta classe.

12. Verbos impessoais: ficam sempre na terceira pessoa do singular. O 

sujeito é inexistente. Principais casos de verbos impessoais:

a) verbo 

haver no sentido de existir. Por exemplo:

Havia moscas no refeitório.

b) verbo 

fazer indicando tempo cronológico ou meteorológico. Por exemplo:

Faz meses que espero esse emprego.

Fazia um calor danado ontem à noite.

c) verbos que indicam fenômenos meteorológicos. Por exemplo:

Neva todo ano em São Joaquim (SC).

Linguagem_Interacao_LP_V3_PNLD2018_176a212_U3_C5.indd   198

26/05/16   10:17



199

UNIDADE 3

  MUNDO DO TRABALHO (I)

Teresa Berlinck/Arquivo da editora

Quando o verbo impessoal está numa locução verbal, observa-se a mesma 

construção. Por exemplo:

No passado, costumava haver mais feriados.

Deve fazer alguns meses que espero esse emprego.

Observações:



O verbo 

existir não é impessoal. Portanto, concorda com o seu sujeito. 

Por exemplo:

Existiam moscas no refeitório.

Podiam existir moscas no refeitório.



Os verbos que indicam fenômenos meteorológicos, quando usados em 

sentido figurado, 



não são impessoais. Portanto, concordam com seu su-

jeito. Por exemplo:

Choveram felicitações ao presidente eleito.

1

  Reescreva as frases no caderno, substituindo o 



 pelos verbos indicados entre 

parênteses. Efetue a concordância verbal adequada.

a)  ■


 R$ 30 000,00 para eu comprar um carro. (bastar – pres. do ind.) 

b) 


A maioria das pessoas que 

 para a cidade não 



 emprego.  

(vir/conseguir – pres. do ind.) 

c) 


Mais de um aluno 

 da aula antes da hora. (sair – pret. perf. do ind.) 



d)  ■

-lhe poucas oportunidades na vida. (restar – pret. imp. do ind.) 

e) 

Você e eu 



 pela organização do evento. (responsabilizar-se – pres. do ind.) 

2

  Reescreva as frases em seu caderno, substituindo o pronome relativo que por 



quem. Faça a concordância.

a) 


Sou eu que cozinho hoje.

b) 


Fomos nós que realizamos a prova.

c) 


Fui eu que fiz o almoço.

3

  Reescreva as frases no caderno, passando para o plural as expressões desta-



cadas. Se preciso, efetue a concordância verbal.

a) 


Realiza-se hoje a eleição para deputado.

b) 


Precisa-se de ferramenteiro. 

c) 


Desconfia-se do novo prefeito.

d) 


Já não se faz brinquedo como antigamente.

e) 


Depende-se de outra negociação.

4

  Passe para o plural as expressões em destaque e faça, se necessário, a concor-



dância verbal.

a) 


Ainda não existe material necessário para a obra.

b) 


Havia erro na prova de matemática.

c) 


Pode haver intervenção governamental na fábrica.

Bastam


vem — consegue/vêm — conseguem

saiu


Restavam

Sou eu quem cozinha hoje.

nos responsabilizamos

Fomos nós quem realizou a prova.

Fui eu quem fez o almoço.

Realizam-se hoje as eleições para deputado.

Precisa-se de ferramenteiros.

Desconfia-se dos novos prefeitos.

Já não se fazem brinquedos como antigamente.

Depende-se de outras negociações.

Ainda não existem materiais necessários para a obra.

Havia erros na prova de matemática.

Pode haver intervenções governamentais na fábrica.

Linguagem_Interacao_LP_V3_PNLD2018_176a212_U3_C5.indd   199

26/05/16   10:17



200

CAPÍTULO 5

  RELATOS DE VIDA


Baixar 39.74 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   132   133   134   135   136   137   138   139   ...   273




©historiapt.info 2022
enviar mensagem

    Página principal