Portugues ling int vol3 pnld2018 capa al pr indd


Talvez  tirasse o meu sapato e batesse nele, mas



Baixar 39.74 Mb.
Pdf preview
Página117/273
Encontro07.02.2022
Tamanho39.74 Mb.
#21486
1   ...   113   114   115   116   117   118   119   120   ...   273
Linguagem Interacao 3 MP 0019P18013 PNLD2018
Talvez 

tirasse o meu sapato e batesse nelemas logo depois me 



dava conta de que

, se agisse assim, não haveria diferença entre 

mim e o terrorista. 

(linhas 128-130)

a) 

Por que as expressões destacadas podem ser consideradas mar-



cas de modalização?

b) 


Essas expressões revelam o que pensa a autora do texto sobre 

fatos relatados no texto. Por quê?

5

  O uso das aspas e do itálico são também traços que indicam a modali-



zação no texto 1. Localize as expressões entre aspas e em itálico e tente 

explicar as razões que justificariam o emprego desses sinais no texto. 



4. a) Resposta pessoal.

 Verifique se os alunos percebem que as expressões destacadas projetam no texto 

o ponto de vista do enunciador (que no caso se identifica com Malala Yousafzai) sobre 

os fatos relatados.



4. b) Como essas expressões revelam a posição do enun-

ciador, pelo fato de se poder identificá-lo com a autora, re-

velam suas opiniões e seus pensamentos.

5.   Aceite as respostas dos alunos que lhe parecerem bem argumentadas. É 

importante que percebam e possam explicar esses empregos com suas palavras 

e usando os conhecimentos linguísticos e discursivos de que dispõem, mesmo se 

o fizerem sem empregar terminologia linguística ou gramatical precisa. O itálico 

aparece em duas situações (a segunda é um subtipo da primeira): (1) no emprego em menção (quando a palavra ou expressão em itálico é mencionada, 

funcionando como signo autonímico); (2) quando se trata de expressões em língua estrangeira, sem correspondência exata em português. As aspas também 

aparecem na modalização autonímica, especialmente como marca da não coincidência enunciativa ou como forma de discurso relatado.

Linguagem_Interacao_LP_V3_PNLD2018_176a212_U3_C5.indd   182

26/05/16   10:16



183

UNIDADE 3  MUNDO DO TRABALHO (I)

I.  As proje•›es enunciativas e a modaliza•‹o

Todos os textos são produzidos por sujeitos, em determinado tempo e lugar, a 

partir de um conjunto de informações a respeito de um tema. Sempre há também 

uma intenção comunicativa. Por essa razão, podemos afirmar que não existem 

textos neutros, quer dizer, que não tragam marcas — mais ou menos identifi-

cáveis — da(s) intenção(ões) de seu autor. Ao lermos um texto, é fundamental 

observarmos essa não neutralidade para compreendermos as redes de sentidos 

nas quais seu autor procura nos envolver.

O mesmo acontece quando produzimos nossos próprios textos: sempre temos 

uma intenção ao produzi-los, e essa intenção revela, mais ou menos explicita-

mente, nossa posição em relação às informações expressas. Produzir um texto é 

uma forma de agir sobre os outros.

E, como você tem estudado, tudo o que se pode dizer, ou seja, tudo o que é 

“dizível” existe nos textos por meio de uma expressão linguística. As marcas de 

modalização, por exemplo, estão entre os recursos de linguagem mais complexos 

no que diz respeito à expressão explícita ou implícita das intenções comunicativas 

dos autores do texto. O texto 1 é um bom exemplo de como a modalização pode 

ser utilizada para expressar opiniões, julgamentos, apreciações.

Para existir em um texto, um sujeito precisa constituir-se como sujeito enun-


Baixar 39.74 Mb.

Compartilhe com seus amigos:
1   ...   113   114   115   116   117   118   119   120   ...   273




©historiapt.info 2023
enviar mensagem

    Página principal